FOTOGRAFIA

Exposição no Sesi de Mogi das Cruzes debate sobre meio ambiente

DETALHES Nesta mostra, Simão Salomão apresenta o resultado de uma viagem pela Serra do Mar, tendo como foco a importância da água para as espécies. (Foto: divulgação)
DETALHES Nesta mostra, Simão Salomão apresenta o resultado de uma viagem pela Serra do Mar, tendo como foco a importância da água para as espécies. (Foto: divulgação)

A exposição ‘Mata Atlântica, Berço das Águas’, do fotógrafo Simão Salomão, está em cartaz na unidade mogiana do Sesi. A visitação é gratuita. Neste trabalho, o profissional chama a atenção para o movimento e a fragilidade da água, a partir do foco em gotas sobre as plantas, brotos e galhos.

As 20 fotografias mergulham no bioma da Mata Atlântica, que detém sete das nove grandes bacias hidrográficas brasileiras, e apresentam um registro da região da Serra do Mar – onde estão localizadas várias nascentes de rios e mananciais. A mostra é resultado da iniciativa promovida pelo Instituto Socioambiental — ISA, na campanha ‘De Olho nos Mananciais’, que contou com uma expedição fotográfica, em julho de 2008, pela região da Serra do Mar.

Salomão enfatiza o fato de que o gerenciamento dos recursos hídricos – extremamente necessários para a manutenção da vida no planeta – não se restringe apenas aos governantes e analistas técnicos. Pelo contrário, abrange toda a população que, devidamente informada, assume novas atitudes e hábitos ambientalmente responsáveis.

O fotógrafo

O paulistano Simão Salomão, tecnólogo por formação e fotógrafo por vocação, dedica parte de seu trabalho à documentação de São Paulo, suas mudanças e permanências. Entretanto, seu universo de interesses é amplo: por meio de suas lentes, registra também as pessoas, a miscigenação e as diferentes origens do povo brasileiro. Como fotógrafo profissional, colabora com editoras e escritórios de arquitetura e design; faz o registro visual de obras de arte e realiza fotos institucionais. 

Desde 1999, vem participando de exposições em instituições renomadas, entre elas a FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado) e a Biblioteca Mário de Andrade. Além do interesse em registrar singelos retratos, manifestações culturais e as cenas urbanas, Salomão dedica-se também a retratar a natureza, as paisagens e viagens. Foi selecionado duas vezes no concurso Árvores da Cidade de São Paulo – em 2010, com a foto publicada no livro comemorativo dos cinco anos do concurso – e em 2011.

O endereço do Sesi é Rua Valmet, 171, em Braz Cubas. O telefone é 4723-6917. A visitação pode ser feita de segunda a sexta, das 8 às 20 horas e aos sábados, das 9 às 18 horas.