Família acorda com revólver na cabeça

Quatro bandidos, ainda não identificados, voltaram a agir, ontem de madrugada, na casa da família Kanamori, na Rua José D’Carlo, na Vila Lavínia. Shigueo Kanamori, de 77 anos,  a esposa Massae, de 74 anos,  e o filho Luiz, de 45 anos, foram acordados com revólver apontado para as suas cabeças. O bando seria o mesmo que já cometeu anteriormente  três roubos  semelhantes em Mogi das Cruzes, em menos de um mês. A Polícia Civil continuava, ontem, sem informações para prender os criminosos.

Os marginais roubaram talão de cheques, produtos eletroeletrônicos, roupas, joias,  celulares, 150 dólares e R$ 1500,00.

A família depois de ser acordada e aterrorizada foi amarrada com presilhas de plástico conhecidas como “enforca gato”. Os criminosos entraram na residência depois de arrombarem uma grade e janela. Eles iniciaram o assalto por volta das 3h30 e somente deixaram o imóvel depois de uma hora e meia. A família compareceu, na tarde de ontem, no 2º Distrito Policial, em Braz Cubas, e comunicou o assalto. O Boletim de Ocorrência somente será informado segunda-feira aos policiais, do Setor de Investigações.

O grupo já assaltou as casas de Denise e Douglas Arcuri, no Mogi Moderno, Tereza Takahashi, na Vila Paulista, e do feirante Francisco Assis Ramalho, também no bairro do Mogi Moderno. A tática dos assaltantes é espalhar terror. Na residência da família de Francisco, ameaçaram sequestrar a filha, de 7 anos, e levaram R$ 30 mil. (Laércio Ribeiro)


Deixe seu comentário