AVALIAÇÃO

Fiat Cronos se destaca pelo bom recheio tecnológico

Versão topo de linha Precision do Fiat Cronos vem bem equipada e pode ser adquirida também com câmbio manual (Foto Divulgação)

Sedã criado na mesma plataforma adotada pelo também novo Argo, o Fiar Cronos tem um trunfo que pode fazer com que alcance sucesso no mercado: bom desempenho e recheio tecnológico interessante. Prova disso é sua variante mais cara, a Precision, que pode sair das lojas bem completa, mesmo quando equipada com câmbio manual. Em geral, as montadoras obrigam a inclusão da transmissão automática nas configurações mais recheadas.
A versão Precision do Cronos já é bem generosa em itens de conforto mesmo sem contar com opcionais. Porém, a farta oferta de opcionais é capaz de manter o pedal da embreagem – algo que agrada condutores mais tradicionais ou que não confiam tanto nos câmbios que trocam as marchas automaticamente – sem que isso signifique ter de abrir mão de tecnologias mais modernas. Pode, por exemplo, receber quatro airbags e o sistema de chave presencial, que permite abertura e fechamento das portas e partida do motor através de botões.

O Cronos é a versão sedã do Argo e parece ter ficado muito melhor que o hatch (Foto Divulgação)

É comum entre alguns sedãs compactos as similaridades no design com os hatches dos quais derivam em suas devidas marcas. Com o Cronos, não é diferente. A proximidade de suas características visuais com o Argo, principalmente na dianteira, fazem com que o modelo, que foi lançado há poucos meses pela Fiat, não chame tanta atenção nas ruas. Mas a aparência charmosa e até um pouco esportiva da versão de topo Precision agrada e suas dimensões favorecem bastante a utilização nos grandes centros urbanos.
Por dentro, o bom acabamento é um chamariz. O Cronos Precision prova que não é necessário abusar de cromados para garantir um interior mais atraente. Os tons escuros adotados também criam uma atmosfera bastante interessante e agradável. Motoristas mais ligados à conectividade tendem a se impressionar com a tela de sete polegadas presente na parte superior do console central. Além da alta definição, que faz uma grande diferença na hora de transmitir as imagens da câmera de ré opcional, e da visibilidade excelente, ela interage bem com smartphones e seu posicionamento elevado facilita a utilização.

Vincos e linhas de perfil bem marcados dão uma personalidade mais esportiva ao sedã compacto da Fiat (Foto Divulgação)

O espaço é bom – o entre-eixos de 2,52 metros favorece o espaço para as pernas dos passageiros de trás – e há fartos porta-objetos para levar tudo que convém estar mais à mão do condutor. O porta-malas, de 525 litros, garante o transporte das compras de supermercado ou da bagagem familiar nas viagens de lazer. E os bancos, que só trazem revestimento em couro quando o comprador decide pagar mais caro pelo item, recebem bem seus ocupantes.
O motor é o mesmo 1.8 de 139 cv do Jeep Renegade e da picape Toro, que também move as configurações de topo do Argo e entrega torque máximo de 19,3 kgfm quando abastecido com etanol. O propulsor consegue se destacar tanto no tráfego na cidade, com boas arrancadas e retomadas, como na estrada. Para as grandes metrópoles, onde se costuma pegar longos engarrafamentos, o sistema “start/stop” ajuda a diminuir o gasto de combustível e atua de maneira pouco incômoda, religando o motor de maneira suave.

No interior, o Cronos apresenta bom acabamento e linhas atrantes. Sistema multimídia tem tela de sete polegadas (Foto Divulgação)

Itens importantes de segurança também aparecem na lista do Cronos Precision manual sem que seja necessário pagá-los por fora, como o assistente de partida em subidas e controles dinâmicos de estabilidade e tração. As rodas têm 16 polegadas de série, mas podem chegar a 17 polegadas com um pacote que custa R$ 3.500 e contempla também bancos revestidos em couro e maçanetas e frisos das portas cromados. O preço aliás, não chega a ser baixo: o Cronos Precision começa em R$ 62.990 com câmbio manual – são R$ 7.000 a menos que a mesma versão com transmissão automática. Mas entre seus concorrentes diretos, é o único sedã compacto completo com o pedal de embreagem presente. (Márcio Maio/AutoPress)

Ponto a ponto – Fiat Cronos Precision

Desempenho – O Fiat Cronos Precision se movimenta com uma agilidade que chama atenção. Arrancadas, retomadas e ultrapassagens são feitas de forma rápida e sem ter de necessariamente “esgoelar” o motor 1.8 litro de 139 cv que equipa a configuração topo de linha. A transmissão manual de cinco velocidades é suave e tem engates precisos e, apesar do torque máximo de 19,3 kgfm só aparecer em 3.750 giros, bem antes disso o sedã compacto já se mostra bastante disposto. Nota 9
Estabilidade – A suspensão não chega a privilegiar a esportividade, e nem poderia, até por se tratar de um sedã compacto e familiar, mas encara bem as curvas. Além disso, controle eletrônico de estabilidade é item de série na versão. Mas, de maneira geral, é bem difícil ver a tecnologia em funcionamento. O compacto consegue manter bem a aderência nas quatro rodas mesmo quando se exagera um pouco na direção. Nota 8
Interatividade – Assim como no hatch Argo, esse é um aspecto bem funcional e até tecnológico no Cronos Precision, principalmente considerando-se a faixa de preço em que atua. Há comando vocal e uma tela do sistema multimídia sensível ao toque de sete polegadas situada no console central interage com smartphones Android e iPhone. O volante é multifuncional e traz botões para informações de computador de bordo e som. Todos os comandos ficam bem posicionados e basta um contato rápido para aprender a mexer em tudo. Opcionalmente, a chave pode ser presencial, ou seja, pode estar no bolso na hora de abrir e fechar o carro ou dar a partida no motor. Nota 9
Consumo – O Fiat Cronos não tem nenhuma versão registrada na tabela do InMetro. Segundo a Fiat, suas médias com motor 1.8 e câmbio manual são de 8,0/9,6 km/l com etanol no tanque na cidade/estrada e 11,6/13,8 km/l com gasolina, nas mesmas condições. Na avaliação, ele chegou até a render mais que isso. Mesmo assim, não é muito, considerando-se que se trata de um carro totalmente novo. Nota 7
Conforto – A suspensão absorve com eficácia as imperfeições do pavimento. Bancos têm boa ergonomia e acomodam bem o corpo. O isolamento acústico também merece elogios, já que só é possível escutar o motor quando se pisa bem fundo no acelerador. E, mesmo assim, não chega a incomodar tanto. Nota 8
Tecnologia – O Cronos é construído sobre uma plataforma moderna, a mesma adotada no hatch Argo. O sedã traz recursos eletrônicos de auxílio dinâmico, como controle de tração e estabilidade, conectividade com smartphones e tela de alta definição. No âmbito tecnológico, a maior decepção é ter um motor já antigo, embora com desempenho instigante. Nota 8
Habitabilidade – O espaço interno é bom para as pernas no banco traseiro sem que isso dependa da boa vontade dos ocupantes da frente. Atrás, só mesmo as pessoas mais altas podem sentir algum aperto e, de forma geral, quatro passageiros viajam bem. O porta-malas carrega 525 litros, uma capacidade das melhores entre os três volumes concorrentes. Nota 8
Acabamento – Este é um ponto no qual a Fiat vem se destacando cada vez mais em seus lançamentos. Todas as superfícies trazem materiais rígidos, mas com textura e revestimentos agradáveis e interessantes. Na faixa de preço em que atua, está entre os melhores nesse quesito. Opcionalmente, ainda é possível ter os bancos revestidos em couro ecológico. Nota 9
Design – O desenho do Cronos segue uma lógica bem parecida com a adotada no Argo: mistura traços que exprimem certa robustez, mas não abre mão de linhas elegantes e modernas. A frente segue a assinatura digital da marca e traz grade encorpada e faróis afilados. Vincos e linhas de perfil bem marcados dão uma personalidade mais esportiva e a traseira traz o nome da marca em grafia avantajada e lanternas que invadem a tampa do porta-malas, porém menores que as adotadas no Argo. Nota 9
Custo/benefício – O Fiat Cronos é um sedã novo, tecnológico e com uma lista de itens de série e de opcionais bem completa. Na faixa de preço em que atua, é sem dúvidas uma excelente opção. E isso na opção com transmissão manual, algo cada vez mais raro em versões de topo. Para motoristas mais puristas, que fazem questão do pedal de embreagem, mas desejam comodidades e tecnologias de variantes mais caras, o Cronos Precision manual é uma opção excelente entre os sedãs compactos. Nota 8
Total – O Fiat Cronos Precision somou 83 pontos em 100 possíveis.

Ficha técnica – Fiat Cronos Precision

(Foto Divulgação)

Motor 1.8: Gasolina e etanol, dianteiro, transversal, 1.747 cm³, quatro cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro e comando simples no cabeçote. Coletor de admissão variável, injeção eletrônica multiponto e acelerador eletrônico.
Transmissão: Câmbio manual de cinco velocidades à frente e uma a ré nas versões. Tração dianteira. Oferece controle de tração.
Potência: 135 cv com gasolina e 139 cv com etanol a 5.750 rpm.
Torque máximo: 18,8 kgfm com gasolina e 19,3 kgfm com etanol a 3.750 rpm.
Aceleração 0-100 km/h: 9,6 segundos com gasolina e 9,2 s com etanol.
Velocidade máxima: 196 km/h com gasolina e 198 km/h com etanol.
Diâmetro e curso: 80,5 mm x 85,8 mm. Taxa de compressão: 12,5:1.
Suspensão: Dianteira independente do tipo McPherson, braços oscilantes inferiores com geometria triangular e barra estabilizadora, amortecedores hidráulicos e pressurizados e molas helicoidais. Traseira semi-independente por eixo de torção com molas helicoidais e amortecedores de duplo efeito. Oferece controle eletrônico de estabilidade de série.
Pneus: 195/55 R16.
Freios: Discos sólidos na frente e a tambor atrás. Oferece ABS com EBD.
Carroceria: Sedã em monobloco, com quatro portas e cinco lugares. Comprimento de 4,36 metros com 1,72 m de largura, 1,52 m de altura e 2,52 m de entre-eixos. Possui airbags frontais de série. Airbags laterais opcionais.
Peso: 1.248 kg.
Capacidade do porta-malas: 525 litros.
Tanque de combustível: 48 litros.
Lançamento no Brasil: 2018.
Produção: Betim, Minas Gerais.
Itens de série: Duas portas USB, sendo uma para passageiros de trás, alarme antifurto, alertas de limite de velocidade e manutenção programada, apoia-pé para o motorista, ar-condicionado, banco do motorista com regulagem de altura, banco traseiro bi-partido 60/40, brake light, central multimídia com tela de 7 polegadas touch com Android Auto e Apple CarPlay, Bluetooth e sistema de reconhecimento de voz, chave canivete com telecomando para abertura das portas, vidros e porta-malas, computador de bordo, desembaçador do vidro traseiro temporizado, direção elétrica progressiva, controle eletrônico da aceleração, sinalização de frenagem de emergência, estepe de uso emergencial, faróis de neblina, sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis, sistema de partida a frio sem tanque auxiliar de gasolina, assistente de partida em subidas, iluminação do porta-malas, retrovisores externos elétricos com função Tilt Down e setas integradas, rodas de liga leve de 16 polegadas, sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico, sistema Start/Stop, sistema de monitoramento de pressão dos pneus, tomada 12V, travas elétricas, vidros elétricos dianteiros e traseiros com one touch e antiesmagamento, volante com comandos de rádio e telefone, volante com regulagem de altura e profundidade.
Preço: R$ 62.990.
Opcionais da unidade testada: chave presencial, retrovisores externos com rebatimento elétrico e luz de conforto, ar-condicionado digital, quadro de instrumentos de alta resolução TFT de 7 polegadas, sensor de chuva, sensor crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico e câmara de ré com linhas dinâmicas.
Preço da unidade testada: R$ 67.630.
Opcional extra: airbags laterais, bancos revestidos em couro ecológico, maçanetas e frisos das portas cromados e rodas de liga leve de 17 polegadas com pneus 205/45 R17.
Preço completo: 73.730.