LITERATURA

Flisi 2019 promove a troca de livros no Casarão do Carmo, em Mogi

OPORTUNIDADE Uma das atividades programadas para esta 6ª Flisi é a troca de livros, às terças-feiras, das 19h às 21h, no Casarão do Carmo, visando incentivar a leitura e a circulação de obras de forma sustentável. (Foto: divulgação)
OPORTUNIDADE Uma das atividades programadas para esta 6ª Flisi é a troca de livros, às terças-feiras, das 19h às 21h, no Casarão do Carmo, visando incentivar a leitura e a circulação de obras de forma sustentável. (Foto: divulgação)

Aberto para a participação do público com poesias, músicas e contos sobre o meio ambiente e também as relações humanas, o sarau ‘Natureza e seus Sentidos’ marca, na próxima terça-feira, dia 12, o início da 6ª edição da Feira Literária Serra do Itapety, a Flisi 2019. Neste ano, as atividades estarão concentradas no Casarão do Carmo, valorizando o local onde, há 13 anos, nasceu o grupo Entremeio Literário, idealizador da feira. O evento se repetirá todas as terças-feiras, a partir das 19h, até o dia 3 de dezembro. A entrada é sempre gratuita.

Todas as terças-feiras, das 19h às 21h, acontecerá troca de livros, como forma de incentivar a leitura e ampliar a circulação de obras literárias de forma sustentável e alinhada à concepção de economia criativa, artística, cultural e ecológica. Além disso, a cada terça, haverá uma atração especial no Casarão, com destaque para saraus, debates e noites de autógrafos.

A segunda terça-feira, no dia 19, haverá um debate sobre cinema e literatura, com Nilza Gomes. No dia 26, por sua vez, a Flisi promoverá uma noite de autógrafos, que vai reunir diversos escritores de Mogi e região, entre eles Miriam Amélia e Margarete Brito.

Na noite do dia 3, que será o último dia da Flisi 2019, acontecerá a final do 2º Festival da Poesia Falada, com entrega de troféus ao final. A coordenação da atividade ficará a cargo de Marcos Villa e Raimundo Alvez Rodrigues, bem como escritores, artistas e professores.

Também no último dia, está agendada a 4ª Mostra Literária de Contos e Poesias, que tem por objetivo ampliar, divulgar e incentivar o gosto pela leitura e o fazer poético. Quem coordena a ação são os profissionais Sheila Kuno, Carla Pozo, Maria Iglesias, Miriam Amélia e Daisy Braito.

Escritores da região que queiram participar da noite coletiva de autógrafos ainda podem entrar em contato com os organizadores, pelo WhatsApp (11) 95779-7201. O grupo também oferece para as escolas e entidades interessadas em compor a programação da Flisi um sarau com escritores da região e contação de história. O grupo faz ainda convite a artistas e contadores de histórias que queiram somar à programação.

Mais informações podem ser obtidas pela página no Facebook do grupo organizador. A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo é apoiadora da Flisi 2019.

Deixe seu comentário