PERIGOSO

Garra captura traficante do Paraná em Mogi das Cruzes

SUSPEITA Polícia Cívil ainda investiga se Fábio trazia drogas do Paraná para a região de Mogi. (Foto: divulgação)
SUSPEITA Polícia Cívil ainda investiga se Fábio trazia drogas do Paraná para a região de Mogi. (Foto: divulgação)

Considerado um dos traficantes mais perigosos da região do Alto Tietê, Fábio Antônio Maxmiano, de 29 anos, nascido em Foz de Iguaçu e morador em Itaquá, foi capturado pelos investigadores Leonardo Pereira e Rodrigo de Freitas, liderados pelo chefe Paulo Pagano, na manhã desta quarta-feira, na avenida Vereador Narciso Yague Guimarães, no bairro do Socorro. O delegado Eduardo Boigues Queiros disse nesta quinta-feira, 22, a O Diário que o mandado de prisão em desfavor de Fábio foi expedido pela Justiça do Paraná no dia 25 de junho em razão também do envolvimento dele em organização criminosa. “Foi desencadeada no estado do Paraná a Operação Adsumus visando combater o tráfico de entorpecentes, tráfico de armas e homicídios de agentes públicos daquele estado. O Garra, representado a Seccional de Mogi das Cruzes, ficou incumbido de deter o criminoso Fábio Maxmiano”, afirmou a autoridade.

A Polícia desconhece se marginal distribuía drogas em Mogi ou cidades vizinhas. O bandido foi apresentado ao delegado Boigues e removido para a Cadeia de Mogi, ficando à disposição de Mogi. Em breve, ele deverá ser transferido para o Paraná.

A quadrilha integrada por Fábio era chefiada por dois irmãos: Jocemara e Cleber Prado. Apesar de já estarem encarcerados, segundo a Polícia, davam ordens para a organização criminosa.

As iniciaram há dois anos para prender o grupo que agia a partir da cidade de Quedas do Iguaçu e desenvolvia ações criminosas na região centro-sul do Estado. O bando executava quem se colocava à frente dos crimes que cometia.

Segundo ponderou o delegado Alex Sandro Marcos, responsável pela operação, “a quadrilha tinha uma organização sólida e havia um gerente que controlava a revenda e a distribuição de armas e drogas”. Ao todo na bliz foram cumpridos 19 mandados de prisão, sendo que 10 dos bandidos já estavam na cadeia.

Tempo

Na sede do Garra, na Delegacia Seccional de Mogi, policiais comemoravam ainda os 31 anos de trabalho do agente Duílio Donizeti prestados à segurança pública na região. Relataram que o policial atuou em várias unidades e sempre no combate aos criminosos.