INFORMAÇÃO

Gerdau anuncia filial de Mogi da G2L ao mercado

Jornal Valor destaca qualidades de Mogi para receber empresas

O Grupo Gerdau deverá anunciar oficialmente ao mercado, durante o dia de hoje, a decisão de instalar em Mogi das Cruzes a filial da G2L, empresa de logística que irá iniciar operações em julho próximo, garantindo 60 novos empregos, num investimento inicial estimado em R$ 600 mil. A nova empresa é parte da estratégia do grupo para diversificar sua atuação no mercado. Assim, a G2L, que nasceu em Barueri, próximo de São Paulo, para transportar apenas cargas próprias (especialmente aço produzido nas siderúrgicas da Gerdau) pretende prestar serviços também a terceiros, a partir da unidade de Mogi das Cruzes, já apresentada à cidade durante um recente encontro de dirigentes com o prefeito Marcus Melo (PSDB), na Prefeitura. Considerado um dos maiores complexos siderúrgicos do Brasil e do mundo, o Grupo Gerdau está apostando firme em seu novo negócio na cidade, onde já opera a usina instalada na década de 60 pelo Grupo Azevedo Antunes e que passou pelas mãos do Grupo Villares antes de chegar aos atuais proprietários. Em entrevista à edição de ontem do jornal Valor, especializado em assuntos econômicos, a direção da G2L diz que o centro de logística mogiano inicialmente fará a o gerenciamento da distribuição do aço da Gerdau na região metropolitana de São Paulo e, numa etapa seguinte, vai trabalhar com cargas de outros clientes, em todos os estados do País. A empresa traça um perfil generoso da cidade para justificar a escolha de Mogi para o novo investimento. Segundo a Gerdau, “Mogi é um local estratégico para o negócio devido a ligação direta com a ferrovia, que tem um ramal dentro da indústria, e com algumas das principais rodovias do País, facilitando acesso a diversos locais – porto de Santos, Aeroporto Internacional de Guarulhos, entre outros”. A G2L informa que atua por meio de uma plataforma digital, podendo contratar fretes mais competitivos, tanto para a siderúrgica quanto para clientes e parceiros. No ano passado, a empresa alcançou um faturamento de R$ 151 milhões e movimentou 924 mil toneladas de cargas.

Boas novas

O quadro de saúde do vereador Chico Bezerra, internado há quase três meses no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, tem apresentado vigorosos sinais de melhoras nos últimos dias. Livre da sonda nasogástrica e do dreno, ele tem feito caminhadas pelo corredor do hospital, o que aumenta a expectativa de médicos e familiares de uma possível alta nas próximas semanas.

Mercado

A Ponsse Latin America, com sede em Mogi, tem grandes chances de se tornar a fornecedora de equipamentos florestais para a nova fábrica de celulose que o Grupo Bracell – parte da RGE, com sede em Singapura – está construindo em Lençóis Paulista, interior de São Paulo, com investimento de R$ 1 bilhão. Se os entendimentos vingarem, Mogi vai ganhar com isso. Serão novos empregos e tecnologia para garantir assistência técnica e serviços para as máquinas da futura parceria.

Financiamento

O advogado Luiz David Costa Faria, especialista em legislação eleitoral, lembra que, a partir de hoje, é facultada aos pré-candidatos a arrecadação prévia de recursos, na modalidade de financiamento coletivo. A liberação de recursos por parte das entidades arrecadadoras ficará condicionada ao cumprimento, pelo candidato, do registro de sua candidatura, da obtenção do CNPJ e da abertura de conta bancária.

Lockdown

Por telefone, o prefeito Marcus Melo atendeu a ligação de um repórter do “Estadão”, que desejava saber se ele seguiria o prefeito Bruno Covas (PSDB), caso decretasse o lockdown na Capital. Melo disse que tem restrições confinamento total por ser uma medida muito radical, difícil de realizar e difícil de fiscalizar. Uma medida a ser adotada só depois de esgotadas todas as outras possibilidades de isolamento.

Frase

O primeiro passo para a cura é saber qual é a doença.

Provérbio latino


Deixe seu comentário