CASO

Guarda Municipal detém casal suspeito de tráfico de drogas próximo ao Pico do Urubu

A Guarda Municipal prendeu um casal por tráfico de entorpecentes às 16h30 de sábado, no Pico do Urubu, na Serra do Itapeti, um dos pontos turísticos de Mogi das Cruzes. Os estudantes do bairro do Butantã, na Capital, Natan Campinas Braunstein, de 21 anos, e Yasmin Almeida Vieira da Silva, 19, garantiram no Distrito Central, que eram apenas usuários, porém foi apurado que eles vendiam drogas em uma bandeja e além do mais, além de produzirem maconha diferenciada, portavam LSD e Ecstasy – tóxicos de alta potência.

O delegado Denis Miragaia autuou o casal em flagrante por tráfico após a ocorrência ter sido apresentada pelos guardas Eric e Tamires. As drogas foram encaminhadas à Polícia Científica e submetidas a exames de autenticidade.

Os acusados mantinham 76,4 gramas de maconha, 16,8 de ‘cristal’, 23,9 de LSD e 10,9 gramas de ecstasy em uma barraca de acampamento.

Os guardas descobriram por um casal que da maconha extraiam o entorpecente conhecido como ‘cristal’ em formato de pequenas pedras. Havia também LSD líquido – este entorpecente entre usuários e traficantes é conhecido como “pingo” ou “gota”. Com os dois envolvidos no crime ainda foram encontrados R$ 138,85 que seriam procedentes do comércio ilegal.

Nesta segunda-feira, Natan ainda se encontrava na Cadeia de Mogi, enquanto Yasmin aguardava a decisão da Justiça. No improvisado presídio feminino, em Itaquá.


Deixe seu comentário