Helbor vai entregar edifícios em Mogi com selo ambiental

Num período em que o mercado imobiliário busca se reposicionar diante de um cenário econômico e político bastante adverso, um dos diferenciais das empresas do setor é manter seu plano de entregas de empreendimentos, aplicando inovações que levem à satisfação de seus clientes. Um exemplo disso está sendo adotado pela Helbor, que está preparando a entrega de dois empreendimentos no Mogilar (My Helbor – residencial com 216 apartamentos de 1 e 2 dormitórios, e Dual – comercial com 305 unidades). Os dois produtos integram o complexo imobiliário onde já funciona o Comvem Patteo Mogilar, centro de conveniência com mais de 50 lojas, e serão os primeiros em Mogi das Cruzes a obter a Certificação Aqua-HQE, reconhecimento internacional para construções sustentáveis, auditado pela Fundação Vanzolini, instituição responsável por esse processo no Brasil. A vistoria das unidades pelos clientes, já iniciada, que antecede a entrega dos empreendimentos, integra a terceira e última etapa do selo Aqua-HQE.  Os empreendimentos tiveram cuidados especiais desde a fase de projeto e geraram baixo impacto ambiental no canteiro de obras, gestão da água, manutenção e relação com o entorno. Além desse diferencial, os edifícios passaram por uma revisão minuciosa dos itens que compõem as áreas comuns e das unidades privativas. Por fim, a Helbor e a MPD, sócia na incorporação e construtora responsável pelas obras, forneceram aos clientes um Guia de Vistoria, com dicas do que deve ser observado para aprovação do apartamento ou sala comercial.

Visitante
Não será surpresa se algum morador de Jundiapeba der de cara com Suzane Von Richthofen caminhando pelo Distrito neste final de semana. Nas últimas horas circularam rumores de que ela viria passar a data em companhia de sua amiga Sandra Regina, a “Galega”, cuja família reside na Cidade. Suzane, que está presa em Tremembé por ter assassinado seus pais, em 2002, foi beneficiada – santa ironia! – pelo indulto do Dia das Mães e deixou a cadeia na última quarta-feira, devendo retornar na próxima terça.

Tatuapé
De nada adiantaram os apelos e protestos de empresários e entidades de Itaquaquecetuba: os processos de licenciamento e outros assuntos que envolvem as indústrias daquela Cidade e o meio ambiente que eram resolvidos pela Regional de Mogi da Cetesb passaram a ser subordinados à unidade do órgão no Tatuapé, em São Paulo. Pior para os empresários que estão enfrentando o trânsito complicado da Capital e a burocracia de agentes que desconhecem a realidade da Região e demoram a resolver até os mais simples problemas.

Na ativa
Ainda se recuperando de uma delicada cirurgia no pâncreas realizada na Capital, o escritor Nelson Albissú reassume, pouco a pouco, suas atividades junto à Prefeitura de Mogi. Esta foi a sua primeira semana de trabalho, onde não lhe faltaram afeto e cumprimentos daqueles que torceram – e continuam torcendo muito – pelo seu pleno restabelecimento.

Dueto
Sem o tradicional chapéu e com um novo visual, o padre cantor Alessandro Campos se apresenta hoje à noite, no Citybank Hall, em São Paulo. No show “De Mãos Dadas”, o pároco da Igreja de Santa Rita de Cássia, no Socorro, canta ao lado de Roberta Miranda uma seleção de músicas religiosas e canções clássicas do sertanejo. Os dois são amigos de algum tempo. Roberta, inclusive, fez uma participação especial no primeiro DVD do padre de Mogi, com o conhecido sucesso “Majestade, o sabiá”.

COTIDIANO

MULTANDO  Leitor envia foto de radar da Prefeitura, entre duas árvores, numa das pistas da Avenida Yoshiteru Onishi, no Mogilar / Foto: Márcio Palma Jr. – Divulgação
MULTANDO Leitor envia foto de radar da Prefeitura, entre duas árvores, numa das pistas da Avenida Yoshiteru Onishi, no Mogilar / Foto: Márcio Palma Jr. – Divulgação

FRASE

STF decide que só membro do Congresso que não for investigado pela Lava Jato pode assumir a vaga do Cunha. A moça do cafezinho ficou de pensar…

Bruno Miano, juiz de Direito, no Facebook


Deixe seu comentário