CARTAS

Histerias incendiárias

Histerias incendiárias à parte, vamos e venhamos. Basta ligar um ponto ao outro para entender porque a comunidade internacional, de repente, descobriu que existe a Amazônia no Brasil. Todos sabem que a Europa inteira subsidia sua produção pecuária e agrícola. Não acham estranho que justamente após o governo Bolsonaro iniciar contrato Mercosul-UE, que o presidente da França Macron começou essa campanha para boicotar nosso país pelos “incêndios na Amazônia”? Os agricultores franceses foram os primeiros a espernear e cobrar contra tal contrato porque não querem “concorrência”. Podemos viajar pela França de cabo a rabo e não ver uma floresta sequer, apenas plantações agrícolas e agropecuária. Nessa disputa internacional, aposto que não existe uma árvore amazônica sequer no contexto e sim corporativismo barato que os europeus sabem muito bem fazer, já que no passado dominaram o mundo. Para levantar um incêndio imaginário, basta um Macron para acender o pavio.

Beatriz Campos
beatriz.campos@uol.com.br