História do Instituto Ecofuturo é lançado na Bienal Internacional | O Diário de Mogi
INFORMAÇÃO

História do Instituto Ecofuturo é lançado na Bienal Internacional

TIETAGEM A mogiana Isabel Barbosa, atleta da Seleção Brasileira de Ginástica Artística (centro), é abraçada por fãs na academia Fera Cross Fit, no Mogi Moderno. (Foto: Eisner Soares)

Livro revela detalhes do trabalho da instituição com recursos para interação

Ecofuturo: a vida que a gente quer é o título do livro que o Instituto Ecofuturo, mantido pela Suzano Papel e Celulose, lançou durante a 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, contando a trajetória da instituição e dos projetos de promoção de leitura e conservação ambiental desenvolvido principalmente no Parque das Neblinas, localizado na região da Serra do Mar, entre Mogi das Cruzes e Bertioga. Impressa em papéis da própria Suzano, a obra tem recursos de interação por meio de realidade aumentada e virtual, que são acessados por meio do aplicativo Ecofuturo (disponível nas lojas virtuais), juntamente com óculos que acompanha a publicação. O livro possui também uma versão digital que já se encontra disponível no site do Instituto para download gratuito. Até domingo, dia 12, a publicação também ficará exposta no estande do papel Pólen, na Bienal, onde os visitantes terão oportunidade de interagir com os recursos especiais disponíveis com o livro. A produção mostra a história do Instituto Ecofuturo desde sua fundação, no ano de 1999 e dá detalhes da experiência consolidada por meio das principais iniciativas do setor. Entre elas está a implantação de 110 bibliotecas comunitárias em 12 estados, e, principalmente, a gestão do Parque das Neblinas, reserva da Mata Atlântica voltada para atividades de educação ambiental, pesquisa, manejo florestal, visitação e envolvimento comunitário para incentivar o desenvolvimento sustentável na região de Mogi das Cruzes. O livro compartilha com os leitores os resultados de todas essas experiências positivas que resultaram em ações de transformação social. Com autonomia e independência alcançadas ao longo de suas atividades, o Ecofuturo vem conseguindo gerar e compartilhar conhecimento destinado, segundo a superintendente Marcela Porto, a “promover o equilíbrio entre o desenvolvimento social, econômico e ambiental”. Paulo Groke, diretor de Sustentabilidade e um dos idealizadores do Instituto, tais iniciativas “ajudaram e continuam ajudando a ampliar horizontes e transformar realidades”. O livro teve sua produção coordenada pela área de Comunicação do Ecofuturo e foi elaborado a partir de entrevistas com pessoas envolvidas com o projeto, além de pesquisa no acervo do Centro de Documentação e Memória da Suzano Papel e Celulose.

Mogiano
O pároco da Catedral de Santana, padre Claudio Antonio Delfino, recebe, hoje à noite, na Câmara Municipal, o título de Cidadão Mogiano, que lhe foi outorgado por iniciativa do vereador Francisco Moacir Bezerra de Melo Filho (PSB). O homenageado é natural de Varginha, no Sul de Minas Gerais, onde iniciou seus estudos. Na UMC, fez licenciatura em Filosofia e, na Universidade Gregoriana, em Roma, concluiu o mestrado. Tem também mestrado em Teologia feito na PUC. É coordenador e professor do curso de Filosofia na Faculdade Paulo VI, da Diocese.

É fake!
O DER divulgou nota onde classifica como mentirosa a imagem de uma suposta multa de trânsito aplicada pelo órgão a um drone, que teria sido flagrado por um radar. Segundo a nota, não é possível a emissão de autuação de qualquer veículo que não tenha uma placa identificada e registrada no Detran. A multa fake foi aplicada, na verdade, a um veículo de passeio em 2016 e falsificada com a foto do drone, antes de haver sido postada nas redes sociais.

No Vale
O ex-prefeito e candidato a deputado federal Marco Bertaiolli (PSD) percorre, hoje, cidades do Vale do Paraíba, ao lado do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) e dos candidatos a governador e vice, João Doria (PSDB) e Rodrigo Garcia (DEM), respectivamente. Ontem à noite, o mogiano era aguardado na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, em Poá, ao lado do cantor gospel, Dunga, da Canção Nova.

Vem aí o MCA 9
Buscando incentivar uma reflexão sobre como tem sido a relação de cada pessoa com o próximo e debater a necessidade de dar visibilidade e voz aos que têm sido pouco vistos ou ouvidos na sociedade atual, está sendo preparado, em Mogi, o Congresso Nacional de Saúde, Cultura e Arte (MCA), previsto para acontecer entre os dias 2 e 5 de novembro, no Rancho Village. Idealizado pela ONG Sorrir e Viver, em 2010, a nona edição do evento, já realizado em universidades em vários pontos do País, com palestras, mesas redondas, rodas de conversa, saraus, apresentações de trabalhos científicos e outras atrações, terá o apoio de alunos da UMC.

Cotidiano

TIETAGEM A mogiana Isabel Barbosa, atleta da Seleção Brasileira de Ginástica Artística (centro), é abraçada por fãs na academia Fera Cross Fit, no Mogi Moderno. (Foto: Eisner Soares)

Frase
A violência é a resposta de quem não tem razão.
Danilo Gentili, humorista brasileiro