DE NOVO

‘Homem Aranha preso em Mogi das Cruzes

Wellison, o "Homem Aranha". usou nome falso. (Foto: divulgação)

Wellison, o “Homem Aranha”. usou nome falso. Ele e o comparsa escalaram prédio no Mogilar. (Foto: divulgação)

Wellison Afonso da Silva, de 39 anos, mais conhecido no meio policial de Mogi das Cruzes, como “Homem Aranha”, por escalar prédios e invadir apartamentos para praticar furtos, foi preso, às 2h30, de ontem, pela Polícia Militar, depois de praticar furto no imóvel no Condomínio Green Valle, na Rua Louraci Della Nina, 171, no Bairro do Mogilar.

O comparsa dele, Leandro Ribeiro Rocha, de 23 anos, também foi capturado após ação dos cabos Rubens e Signorelli, da viatura 17.107, e do sargento Cleito e o cabo Pereira, do Comando de Grupo Patrulha, do 17º BPM/M.

O delegado José Carlos dos Santos Alvarenga e a sua equipe da Central de Flagrantes, no Distrito Central, autuaram os acusados.

A dupla foi encontrada deitada na varanda do apartamento, do arquiteto Afonso Xiol, de 37 anos, no primeiro andar. Ao lado dos ladrões havia uma televisão de 21 polegadas. O morador estava dormindo na hora do furto.

Na delegacia, novamente, o ‘Homem Aranha’ deu o nome do seu irmão Renato Fernandes da Silva, de 43 anos, o qual é paraplégico em Minas Gerais. O fato foi descoberto, ontem de manhã, pelo delegado titular Argentino Coqueiro, pois ele e o investigador chefe Luis Boug, no ano passado, depois de intensas buscas apuraram o verdadeiro nome deste marginal.

Além disso, Wellison em 217 já tinha invadido em 2017 o apartamento do padre Alessandro Campos, nom Alto do Ipiranga, e em 2018, o comerciante Fabrício Noronha teve a o celular e R$ 250,00 furtados no seu imóvel, no Edifício Beverly Hills, na Vila Oliveira.


Deixe seu comentário