SITUAÇÃO

Homem ataca Base da PM com martelo

VERSÃO Eduardo, que seria doente mental, foi preso e autuado em flagrante por dano ao patrimônio público. (Foto: divulgação)
VERSÃO Eduardo, que seria doente mental, foi preso e autuado em flagrante por dano ao patrimônio público. (Foto: divulgação)

Acometido por surto mental depois de sair de uma entidade de saúde, onde se encontrava internado, o ajudante Eduardo Ferreira de Brito, de 29 anos, morador na Vila Nova Estação, em Braz Cubas, resolveu se armar com um martelo e atacar as janelas da Base da Polícia Militar, na avenida Francisco Ferreira Lopes, em Braz Cubas. Ele atingiu duas vidraças e depois foi contido pelo cabo Reinaldo Gonçalves.

Após ser dominado, o policial conduziu o acusado à Central de Flagrantes, no Distrito Central, onde o delegado Fabrício Intelizano e os escrivães Mauro Kato, Cláudio Pires e o investigador Flávio autuaram o ajudante por dano ao patrimônio público.

Após a conclusão dos procedimentos de Polícia Judiciária, Eduardo Ferreira foi transferido para a Cadeia de Mogi e hoje de manhã participará da audiência de custódia no Fórum local.

Segundo familiares relataram na delegacia, Eduardo já se envolveu anteriormente em um caso de dano. “Ele saiu hoje (ontem) de uma clínica de saúde mental onde estava internado e já pegou o martelo para danificar os vidros”, lamentaram.

Deixe seu comentário