ARTIGO

Honestidade

Olavo Câmara

A orientação sobre honestidade vem de longe, mas nem sempre os cidadãos que seguem a bíblica sagrada (Livro da Lei para alguns), cumprem as orientações. De Provérbios 29, versículos 2 e 4: “Quando o governo é formado de homens justos e honestos, o povo vive feliz; mas, quando os líderes de uma nação são maus e desonestos, o povo chora de tristeza”. “Um rei justo e honesto ajuda seu país a crescer e viver em paz; o rei que quer ficar rico à custa do povo acaba destruindo sua nação”.

Estas verdades estão acontecendo em nosso país. Os governos dos últimos tempos foram formados de homens maus e desonestos, fazendo o povo brasileiro chorar, principalmente, os milhões de desempregados. Como poderá o Brasil viver em paz, se os vilões sugam os cofres na nação para o engrandecimento pessoal? Caso seja possível acompanhem as vidas dos maus cidadãos corruptos, aqueles que foram condenados se tornaram presidiários ou que fugiram para outras nações. A justiça divina se realizará um dia. Como exemplo: conheci um cidadão que se tornou integrante da classe média alta enganando as pessoas, tomando os patrimônios alheios e passou, por isso, viver uma vida de “nababo”. Mas, passaram duas décadas e ele se tornou invalido devido a graves enfermidades. O dinheiro que acumulou não foi suficiente para o seu tratamento e amputou órgãos e acabou morrendo abandonado até pela família.

É o preço do mau! É bom ter patrimônio, dinheiro e viver uma vida feliz e tranquila, desde que as riquezas acumuladas, venham de frutos de muito trabalho com honestidade. Aquele que é honesto não pode se esquecer de fazer caridades, pois, se Deus permitiu que você tivesse acúmulos de fortunas é para ser um veículo do criador. Deverá fazer sempre benemerências e utilizar o seu patrimônio para o bem e não para guerras e instalar indústria de armamentos. Tudo tem um preço e sempre haverá retorno, tanto dos males praticados como das coisas boas que fizer para o próximo. Amar o próximo como a ti mesmo é o ensinamento maior. Se você é rico olhe sempre para a sociedade e ajude a elevar o grau de consciência dos humanos que não atingiram o seu grau de evolução.

Olavo Câmara é advogado, professor universitário, mestre e doutor em Direito e Política.


Deixe seu comentário