OPORTUNIDADE

Iniciativa fomenta a produção artística e cultural em Mogi das Cruzes

Sistema de aprovação digital tem agilizado a tramitação de processos na Prefeitura, o que resulta em novas obras e investimentos para a cidade (Foto: Ney Sarmento/PMMC)

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo acaba de publicar o edital de chamamento público para cadastro e credenciamento de artistas e profissionais da arte, cultura e turismo. O cadastro fica aberto de forma permanente, porém o edital é publicado para fins de atualização de dados e em atendimento direto a uma das metas do Plano Municipal de Cultura.

O cadastro serve como base para as contratações de artistas que serão feitas ao longo do ano pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. As atualizações, que seguem diretrizes do Plano Municipal de Cultura, incluem um aumento na remuneração dos profissionais, que teve como base pesquisas de mercado e também uma variedade maior de profissionais da área a serem convocados.

A inscrição é gratuita e deve ser feita por meio de plataforma online. Após a inserção de dados no sistema, os cadastrados passam por uma avaliação, que leva em consideração critérios como a especialização do profissional no campo em que se inscreveu, localidade, clareza de informações, comprovação de experiência, documentação enviada, entre outros.

A soma dos pontos definirá o credenciamento e a classificação do artista. O mínimo necessário para que ele se credencie e possa ser contratado por meio do cadastro é 25 pontos. Quem já é cadastrado não precisa realizar nova inscrição, mas pode atualizar as informações, a fim de aumentar sua pontuação.

Após o cadastro, os artistas podem ser chamados na Secretaria de Cultura e Turismo, para apresentação dos documentos originais e validação da inscrição. Os dados ficarão armazenados no sistema, sem prazo de validade e tanto a atualização, como a veracidade das informações prestadas são de responsabilidade do inscrito. É possível se inscrever em mais de um segmento, desde seja comprovada a atuação nas respectivas áreas.

O edital também conta com os valores dos cachês a serem pagos para cada tipo de profissional, atendendo a uma das metas do Plano Municipal de Cultura. Os valores foram adequados e estão mais próximos dos valores das tabelas oficiais de remuneração para profissionais da arte. Outra novidade é a inserção de novas funções no quadro como, cenógrafos, figurinistas e auxiliares para processos de pesquisa e levantamento de dados na área da cultura.

Além de permitir a contratação de artistas, o Cadastro de Artistas e Profissionais de Arte, Cultura e Turismo também subsidia informações para o Sistema de Indicadores Municipais de Cultura de Mogi das Cruzes, além de promover a aproximação entre os profissionais da arte e fomentar a produção artística local.

Mais informações devem ser obtidas pelo telefone 4798-6900.


Deixe seu comentário