NOVIDADE

Jaguar Classic vai produzir o icônico E-type elétrico

 

O E-type é considerado o Jaguar mais belo e um dos carros mais bonitos de todos os tempos (Foto Divulgação)

A Jaguar Classic, divisão de carros clássicos da Jaguar, confirmou que oferecerá o modelo elétrico E-type para venda. O icônico esportivo elétrico fez sua estréia, em forma de conceito, em setembro de 2017. Combinando a experiência em restauração com a tecnologia de ponta do Jaguar I-Pace – o premiado SUV elétrico de luxo de alta performance -, a Jaguar Classic oferecerá também o serviço de conversão de veículos a combustão para elétricos para os proprietários atuais do E-type. Para preservar a autenticidade do veículo de base, a conversão para veículo elétrico será totalmente reversível.
As especificações técnicas e os detalhes dos preços ainda serão divulgados, mas no momento a Jaguar Classic está monitorando o interesse e os pedidos de potenciais clientes do E-type elétrico. As entregas dos primeiros veículos devem começar em junho de 2020.
O conceito Jaguar E-type Zero não apenas funciona e tem o visual do E-type, mas também oferece um excelente desempenho, com aceleração mais rápida do que um E-type Série 1 original.
A Jaguar Classic tem como objetivo ultrapassar um pouco mais de 270 quilômetros de autonomia para todos os veículos elétricos, auxiliada pela redução do peso total e pela aerodinâmica fluída do carro. O conceito é alimentado por uma bateria de 40kWh, que pode ser recarregada em seis a sete horas, dependendo da fonte de energia.

A Jaguar vai oferecer também o serviço de conversão dos veículos a combustão para elétricos aos atuais donos do E-type (Foto Diulgação)

Além da motorização de última geração, instrumentação modificada e sistema multimídia (que estará disponível como opcional), o conceito E-type Zero é em grande parte original. Eficientes faróis de LED complementam o design icônico do modelo.
Em c1961, quando o lendário E-type original foi lançado, o modelo foi eleito o carro mais bonito de todos os tempos, tendo sido elogiado até mesmo por Enzo Ferrari – o dono da marca de superesportivos italiana -, que classificou o esportivo da Jaguar como o “mais bonito carro jamais construído”.
Usando um motor elétrico com peso e dimensões semelhantes ao motor a gasolina, a estrutura do carro, incluindo suspensão e freios, não mudou, simplificando a conversão e mantendo a experiência de condução em linha com o veículo original. Ele acelera, dirige e freia como um E-type origina,l com distribuição de peso dianteiro e traseiro inalterado. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 5.5 segundos.