INFORMAÇÃO

Jeruza troca Poá por Mogi e se filia ao PL

Advogada pretende  trazer para a cidade projetos de sucesso

A atual secretária da Mulher da Prefeitura de Poá, Jeruza Reis, deverá deixar o cargo neste final de ano e se transferir, em definitivo, para Mogi das Cruzes, onde já está envolvida em uma série de atividades ligadas à área social, semelhantes às que marcaram o trabalho na estância hidromineral, em dois mandatos como vereadora e, em seguida, na Prefeitura. Com fortes ligações com a Igreja, ela permanece ativa também na política, tendo se filiado ao PL, mas com bom trânsito junto ao PSDB de Marcus Melo e ao PSD de Marco Bertaiolli, podendo sair candidata no próximo pleito. Jeruza, que é advogada, foi responsável por inúmeros projetos de destaque em Poá, como o primeiro Banco de Perucas do Alto Tietê, uma parceria com a ONG Cabelegria, que recebe doações e produz perucas para pessoas que fazem quimioterapia contra o câncer. Outro projeto, o Mamas do Amor, produz próteses, com meias e alpiste, para mulheres mastectomizadas (que retiraram os seios em razão do câncer). Ao contrário das próteses externas de silicone e outros produtos, estas, evitam assaduras causadas pelo atrito dos materiais com a pele. Jeruza também ajudou a criar o grupo de Promotoras Populares, com noções básicas de Direito e Cidadania para mulheres engajadas contra a violência doméstica. Também criou o Núcleo de Atendimento à mulher vítima de violência, juntamente com o Grupo de Reflexão “E agora José?”, que promove rodas de conversas com homens, réus em processos de agressão contra mulheres. Em parceria com o Judiciário, a proposta é “desconstrução do machismo e construção da masculinidade saudável”, por meio de conversas que passam aos acusados uma nova percepção da atual realidade. Mulheres que sofreram violência e pessoas idosas de Poá também integram os projetos de tricoterapia, que produz peças para crianças com câncer e idosos. Outra iniciativa, o Tear, incentiva o aprendizado da tecelagem primitiva para combater a depressão em mulheres com câncer ou vítimas de violência. Poá também implantou a Sala Rosa, na Delegacia de Polícia, para acolhimento de mulheres violentadas, atendidas por uma escrivã especialmente designada pelo seccional de Mogi, e por advogadas voluntárias que fazem plantão no local. Nos fins de semana, na Secretaria Municipal de Segurança, funciona a Sala Lilás, para suprir o período em que o outro setor deixa de funcionar. Projetos como esses, a advogada pretende trazer para Mogi, sempre com parcerias.

Peladeiros

O ex-presidente Lula (PT) deve visitar a região no próximo dia 22. Vai participar, ao lado de Chico Buarque, de um jogo de futebol na Escola Nacional Florestan Fernandes, do Movimento Sem Terra (MST), em Guararema, a exemplo do que já aconteceu em dezembro de 2017, quando eles inauguraram o campo de futebol “Doutor Sócrates”. Durante a nova estadia, Lula participa do lançamento do livro Lawfare (guerra jurídica), de autoria dos advogados Cristiano Zanin, Valeska Martins e Rafael Valim, defensores do petista nas denúncias relacionadas à Operação Lava Jato.

Ética e decoro

Até agora não se tem notícia de alguma providência interna de parte da Câmara em relação ao vereador Carlos Evaristo (DEM), condenado em primeira instância pela Justiça por não administrar corretamente a compra do cafezinho dos vereadores e visitantes quando foi presidente da Casa. Qualquer medida terá de vir por iniciativa do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Legislativo, cujo presidente é o vereador Mauro Araújo (MDB).

Procon

A advogada Elisangela Montemor Cardoso não é mais a responsável pelo Procon de Mogi. Ela deixou o cargo para trabalhar na iniciativa privada. Ainda não foi definido o sucessor, mas quem tem ajudado a resolver questões de ordem jurídica no setor é o secretário de Governo, Marcos Regueiro, uma espécie de coringa, ou faz-tudo, na administração do prefeito Marcus Melo.

Dificuldades

Não está sendo fácil para Marcus Melo encontrar o substituto ideal para o vereador Chico Bezerra (PSB) no comando da Secretaria Municipal de Saúde. Os problemas e dificuldades inerentes ao setor acabam por desestimular eventuais interessados. A propósito, ainda não foi devidamente explicado por que Bezerra, que sairia em fevereiro, antecipou seu retorno à Câmara antes do final do ano.

Frase

Prometo honrar cada membro dessa Corte. Hoje é um dia muito especial para mim.”

Desembargador Geraldo Pinheiro Franco, ao ser eleito presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, na última quarta-feira


Deixe seu comentário