INFORMAÇÃO

Jovens buscam novos caminhos na política

PRESENÇA Vista da igreja de Sabaúna, onde o pade Jônatas Diniz reúne públicos surpreendentes com suas missas de cura de libertação. (Foto: divulgação)
PRESENÇA Vista da igreja de Sabaúna, onde o padre Jônatas Diniz reúne públicos surpreendentes com suas missas de cura de libertação. (Foto: divulgação)

Há uma nova safra da juventude com um olhar diferente sobre o poder

Itânio Mariano tem 20 anos, é aluno do sexto semestre do curso de Relações Internacionais da UMC, graças a uma bolsa do Pró-Uni. Desde 2017 ele coordena o movimento Juventude Cidadã, em Mogi das Cruzes, destinado a incentivar a participação política dos jovens na vida da cidade. No ano passado, se formou embaixador em Educação Política pela ONG Politize e, desde então, já levou o curso a cerca de 1.000 jovens de 15 a 25 anos da cidade e região. O trabalho é de esclarecimento sobre temas que vão desde o papel do Estado, política e democracia, os Três Poderes, fake news e vários outros, “com uma pegada didática e dinâmica” e sem viés partidário ou mesmo ligação com qualquer partido político. Itânio faz parte de uma nova safra de jovens que gostam de política e que estão dispostos a se enfronhar no árido tema como meta de melhorar o País do amanhã. Pois o mogiano acaba de ser selecionado pelo movimento Renova BR – criado por Eduardo Mufarej e mantido com a ajuda de empresários da iniciativa privada, como Luciano Huck –, para participar da Escola para Liderança Políticas, de onde saíram novas caras da política brasileira, como a deputada federal Tabata Amaral (PDT); o deputado estadual Daniel José (Novo); e o senador Alessandro Vieira (Cidadania, ex- PPS). Junto com o mogiano, estavam outros 31 mil inscritos e ele acabou ficando entre os cerca de mil selecionados para a primeira fase de estudos, por meio de aulas presenciais, material gravado e distribuído via internet, com participação de nomes renomados dos mais diferentes segmentos da vida nacional. O sonho de Itânio é se destacar nesta primeira fase para que esteja entre os escolhidos para a segunda etapa do curso que será toda ela de aulas presenciais, as quais, a partir de janeiro, abordarão temas relativos às cidades atuais, como mobilidade urbana, transportes, saúde e educação. “Será uma capacitação para produzir impacto real dentro da cidade”, afirma ele. Itânio não fala em candidatura às próximas eleições. Mas também não elimina totalmente tal possibilidade. “O mais importante, no momento, é ativar a participação dos jovens na política, ativar o engajamento cívico voltado para a participação política da juventude na vida da cidade”, diz ele. Itânio não está sozinho. Em caminhos diferentes, mas com objetivos semelhantes estão jovens como Maria Luíza Fernandes, Alessandra Monteiro, entre outros. Gente que poderá fazer a diferença na política da cidade do amanhã. É bom ficar atento a eles.

No Planalto

O deputado federal Roberto de Lucena (PODE-SP) saiu otimista de uma reunião, no início desta semana, com o presidente Jair Bolsonaro (PSL). Os dois conversaram sobre vários temas, mas a reforma da Previdência e o desemprego deram o tom do encontro. Lucena defendeu uma transição menos agressiva na reforma previdenciária, com base em sua proposta de criação de um fundo de investimento lastreado pelo patrimônio imobiliário pertencente ao INSS. “O presidente se mostrou muito firme e entusiasmado”, contou o parlamentar.

Veto-I

Por 14 votos a 10, o Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (colegiado que reúne os mais antigos desembargadores e outros eleitos) vetou a promoção de Freddy Lourenço Ruiz Costa, juiz da 1ª Vara Criminal de Mogi, ao cargo de juiz substituto do Tribunal. O veto foi proposto pelo corregedor do TJ, desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco (filho do mogiano Nelson Pinheiro Franco, que presidiu o TJ).

Veto-II

Em suas alegações, Pinheiro Franco citou correição feita na 1ª Vara, que aponta falhas de Ruiz Costa na condução das atividades jurisdicionais (atrasos, ausências e cessão de senhas pessoais a funcionários). Em defesa do juiz local, o desembargador Artur Marques da Silva Filho alegou que a correição é posterior à abertura do processo de remoção e que o procedimento disciplinar ainda está curso. Freddy Lourenço Ruiz Costa é juiz há 28 anos.

Sem verbas

A Associação Beneficente New Hope e o Espaço Mogi de Apoio à Educação, Cultura e Pesquisa, com sede em Mogi das Cruzes, estão proibidos de receber auxílios, subvenções ou contribuições do Estado e do Município, até que regularizem sua situação perante o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. As duas instituições são beneficiárias de recursos da Prefeitura local.

Frase

Todo o congressista que se preza tem um fundo de verdade (o fundo de reserva num paraíso fiscal).

Marcelo Soriano, 62 anos, poeta e frasista gaúcho

Deixe seu comentário