Largada final para as eleições vai acontecer na quarta-feira

A largada definitiva para as próximas eleições irá acontecer na próxima quarta-feira, dia 20, data em que o calendário do Tribunal Superior Eleitoral estabelece como ponto de partida para as principais ações político-partidárias relativas ao futuro pleito. Entre elas está o período de convenções partidárias destinadas a deliberar sobre coligações e escolher candidatos a prefeito, vice-prefeito e a vereador. A partir de quarta, as questões jurídicas eleitorais terão prioridade para a participação do Ministério Público e dos juízes de todas as justiças e instâncias, ressalvados os processos de habeas corpus e mandados e segurança. A data também assegura direito de resposta ao candidato, partido ou coligações atingidos por meios de comunicação. Com a realização das convenções, a partir de quarta, é permitida a formalização de contratos que gerem despesas e gastos com instalação física e virtual de comitês de candidatos e partidos, desde que só ocorra o desembolso financeiro depois que o candidato obtiver o número de registro de CNPJ e abertura de conta bancária específica para movimentação financeira da campanha e emissão de recibos eleitorais. A data será também o último dia para a Justiça Eleitoral dar publicidade aos limites de gastos para cada cargo eletivo em disputa. Até agora, os candidatos a prefeito de Mogi não poderiam gastar acima de R$ 1.139.310,38 em toda a campanha, enquanto os gastos de cada candidato a vereador chegaria a R$ 159.533,20. Esses valores poderão sofrer alguma mudança. A partir de quarta, feitas as convenções e até a diplomação e nos feitos jurídicos decorrentes do processo eleitoral, não poderão servir como juízes nos tribunais eleitorais, ou como juiz eleitoral, ou cônjuge ou parente consanguíneo ou afim, até o segundo grau, de candidato a cargo eletivo registrado na Circunscrição. Também a partir desta data, a Justiça Eleitoral impede a realização de enquetes relacionadas ao processo eleitoral.
Desníveis
O vereador Iduigues Ferreira Martins (PT) voltou a tocar num problema que incomoda e afeta muita gente, principalmente idosos: os desníveis existentes entre as plataformas e os acessos aos vagões de passageiros nas estações ferroviárias da Região. Junto com outros vereadores, o político encaminhou moção cobrando providências do Governo do Estado. Que, já se sabe, dificilmente tomará alguma medida para eliminar o risco imposto aos passageiros.
Revogações
A Take Off Escola de Aviação Civil Ltda, localizada à Rua Benedito Ferreira de Souza, no Centro de Mogi, teve revogada a sua autorização de funcionamento, assim como a homologação do curso teórico e prático de comissário de voo. A decisão foi tomada pelo gerente de certificação de Organizações de Instrução da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Audir Mendes de Assunção Filho, e entrou em vigor a partir de ontem.
Garantidos
O Bradesco reuniu 2.500 diretores e gerentes do HSBC, que foi adquirido recentemente pelo bancão de Osasco. Avisou que não fechar agências. Sinal que a de Mogi, na Avenida Francisco Rodrigues Filho com Rua Campos, será mantida. Pelo menos até a próxima reunião.
Tá fora
Mário Berti já avisou: se o PT se unir ao pré-candidato Gondim Teixeira (SD), seu partido, o PROS não segue junto. Crítico contumaz do deputado e prefeiturável, o ativista diz que não tem clima para continuar viajando no trem petista, ao lado de Campos Machado (PTB) e Paulinho da Força (SD),
Tá dentro
A quem interessar possa, o pré-candidato Gondim Teixeira diz que ainda não desistiu de uma coligação com o PMDB e que continua conversando com o presidente Mauro Araújo, que na semana passada foi se aconselhar com o peemedebista Paulo Skaf, em São Paulo.

 

Frase

Corruptos são encontrados em várias partes do mundo. Quase todas no Brasil.

Millôr Fernandes (1923-2012), cronista, escritor, jornalista e humorista brasileiro, cada dia mais atual

 

Cotidiano

DESLEIXO  Uma semana após a poda de árvore na Rua Benedito Milton de Souza Mendes, no Alto do Ipiranga, os galhos na calçada dizem muito sobre descuido com o pedestre e a Cidade / Foto: Edson Martins
DESLEIXO Uma semana após a poda de árvore na Rua Benedito Milton de Souza Mendes, no Alto do Ipiranga, os galhos na calçada dizem muito sobre descuido com o pedestre e a Cidade / Foto: Edson Martins


Deixe seu comentário