Liberdade de crença vai ser debatida em Mogi, no sábado

Neste sábado, véspera do encerramento da tradicional Festa do Divino Espírito Santo, Mogi das Cruzes irá sediar também o Festival de Liberdade Religiosa do Alto Tietê, primeiro do gênero na Região a reunir, num mesmo espaço, mais de 15 diferentes denominações religiosas para debater a questão da liberdade de crença, ainda hoje com reflexos em nossa sociedade. O evento acontecerá na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, na Rua Dr. Deodato Wertheimer, 465, no Distrito de Braz Cubas, a partir das 16 horas. Promovido pela Associação Brasileira de Liberdade Religiosa e Cidadania (Ablirc), em parceria com a Igreja Adventista, o evento terá como tema “Liberdade religiosa para todos”. Segundo o advogado Samuel Luz, presidente da Ablirc, o encontro será um momento importante de diálogo aberto entre diferentes lideranças religiosas, como harechrishinas, islâmicos, judeus, católicos e evangélicos. “Será um marco na aproximação das religiões nesta região de São Paulo”, diz Luz, lembrando que “o objetivo não é fazer do encontro uma promoção religiosa, mas uma abordagem sobre a liberdade de crença, que cada um deve ter para professar sua religião de acordo com a consciência pessoal, sem restrições de perder os direitos constitucionais e morais”. O secretário-adjunto de Justiça do Estado de São Paulo, advogado Luiz Souto Madureira e o representante da International Religious Liberty Association, Alcides Coimbra, também irão participar do evento. Para o líder adventista da Liberdade Religiosa para a Região de Mogi, pastor Jefferson Castilho, “sábado será um dia de celebrarmos a liberdade religiosa, afinal, entender e respeitar a opinião do próximo é o básico do cristianismo. Podemos muito bem nos relacionar com outros cristão sem necessariamente tornar nosso encontro num culto ecumênico”, garantiu Castilho.

Leituras
O padre cantor Alessandro Campos, da Paróquia Santa Rita de Cássia, no Socorro, fechou contrato com a Globo Livros. E o primeiro a ser publicado, em breve, deverá trazer uma compilação das reflexões do religioso sobre Deus, amor e perdão. O sacerdote também é contratado da Som Livre, ligada às Organizações Globo, responsável pelo lançamento de seus CDs e DVD musicais.

Sem CEP
A falta do Código de Endereço Postal (CEP) na Avenida Julio Simões, em Braz Cubas, tem complicado a vida do comerciante Ismael Dimas de Oliveira, dono de uma casa de rações naquela via. Além de dificultar as entregas, a exigência do Código inexistente tem impedido seu cadastro junto a grandes fornecedores, como a Nestlé, por exemplo. Ele já contabiliza três pedidos aos Correios e mais de seis reclamações junto a Prefeitura, sem que o problema, aparentemente simples, seja solucionado.

Álcool na Festa
O vereador Protássio Nogueira (PSD) insurgiu-se contra o consumo excessivo de álcool no lado externo do local onde acontece a Festa do Divino. “A coisa está feia”, disse o político, lembrando que consumo e venda estariam acontecendo sem qualquer fiscalização. Ele pede mais ação da Guarda Municipal, Polícia Militar e Fiscalização para evitar que pessoas, especialmente senhoras, sejam importunadas na saída do evento, como contou.

Cidadania
O deputado estadual Luiz Carlos Gondim Teixeira (SD) recebeu, na noite de terça-feira, o titulo de Cidadão Bertioguense, que lhe foi outorgado pela Câmara Municipal de Bertioga. Gondim agradeceu a iniciativa do vereador Alfonso Dari Weiland (PPS), acolhida por unanimidade pelos demais integrantes do Legislativo e se comprometeu a continuar “fazendo o melhor por Bertioga”.

COTIDIANO

 Placa no interior da estação ferroviária central de Mogi  relembra a sua “inauguração”, em 1989, ainda nos tempos da CBTU / Foto: Jonny Ueda
Placa no interior da estação ferroviária central de Mogi relembra a sua “inauguração”, em 1989, ainda nos tempos da CBTU / Foto: Jonny Ueda

FRASE

É hora de Dilma Rousseff começar a se preparar para o destino que o Brasil lhe reservou generosamente: o esquecimento.

Editorial da edição de ontem do jornal O Estado de S. Paulo, antecipando a queda da presidente da República após a votação do Senado Federal