EVENTO

Livro ‘O Casarão da Coronel e suas Histórias’ terá a segunda edição autografada por Paulo Costa Júnior nesta sexta-feira

RESGATE Paulo Costa Junior conta a história da própria família para relembrar o casarão e também fatos, amores, tragédias e ilusões da Mogi dos anos 1950 e 1960. (Foto: divulgação)

Lançados no mês passado, os primeiros exemplares do livro ‘O Casarão da Coronel e Suas Histórias’ se esgotaram rapidamente. Por isso, a obra do autor Paulo Costa Junior já ganhou uma segunda edição, que estará à venda em evento musical nesta sexta-feira, no próprio casarão, no centro de Mogi das Cruzes.

No texto, Costa Junior resgata a história de sua mãe e de sua família até entrelaçá-las com o casarão e com Mogi, retratando fatos, amores, tragédias e ilusões que formam um cenário marcante das décadas de 1950 e 1960 na cidade. O elo para tudo isso é o tradicional imóvel construído por ideia e ordem de João Cardoso de Siqueira Primo no início da década de 1920.

O livro tem prefácio do jornalista Francisco Ornellas, membro titular do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, e um capítulo informativo, assinado pela jornalista Vanice Assaz, sobre o longo processo pelo qual o local passou desde o pedido de um alvará de demolição feito pelo seu último proprietário, em 2010, até o final da restauração do imóvel, em 2018. Em breve o espaço sediará o Museu Virtual da Educação (Muve), bastando apenas que a licitação para a aquisição dos equipamentos necessários para tanto seja concluída.

A primeira edição foi esgotada em menos de duas horas, em tarde de autógrafos no último dia 19 de outubro. O evento reuniu cerca de 200 pessoas, entre parentes e amigos de famílias que viveram no casarão, inclusive os quatro filhos de Lucinda Sant’Anna Braga, a dona da Pensão das Professoras e mãe do autor, que o motivou e inspirou a contar as “saborosas histórias” que preenchem as páginas.

“Minha família teve o privilégio de residir nesse casarão por pouco mais de uma década, entre os anos de 1953 e 1966. Daí o meu desejo de escrever a história desta casa, das pessoas que lá viveram naquela época, a vizinhança e a história de meus pais e família”, explica Costa Junior.

Este segundo lançamento foi pensado para lembrar os concorridos saraus musicais e literários que Lucinda promovia no local quando lá mantinha a pensão. Por isso o autor convidou o músico Odilon da Cunha Melo, o conhecido Odilonzinho, e a cantora Henriette Fraissat, para apresentarem canções da época.

Produzida pela Lopes & Acioli Editora com capa ilustrada por Adriano Ollem, a nova edição será entregue às pessoas que reservaram seus exemplares e a todos interessados, das 18h às 20h, no casarão da rua Coronel Souza Franco, 917, no centro de Mogi. O livro custa R$ 30 e será, como lembram os organizadores, “mais uma oportunidade para conhecer a bela casa construída há tanto tempo”.


Deixe seu comentário