Maicon tem permanência incerta no São Paulo

Maicon foi o autor do gol que classificou o São Paulo para a semifinal da Libertadores / Foto: Divulgação
Maicon foi o autor do gol que classificou o São Paulo para a semifinal da Libertadores / Foto: Divulgação

A trajetória do mais novo ídolo são-paulino, Maicon Roque, é repleta de idas e vindas. E agora, tudo indica que não será diferente. Aos 27 anos e há apenas 3 meses no time, o zagueiro, enfim, se tornou conhecido do grande público do Brasil, depois de oito anos no futebol português.

Contra o Atlético-MG, Maicon foi o autor do gol que classificou o São Paulo para a semifinal da Libertadores, cujo reinício ocorre na primeira semana de julho, depois da Copa América.

Sua permanência no clube só está garantida até 30 de junho, quando se encerra o empréstimo feito junto ao time português do Porto. A prorrogação é “manifestamente impossível”, disse Antônio Araújo, empresário do zagueiro. O clube de Portugal só se interessa na venda do zagueiro e, para isso, pede cerca de 15 milhões de euros (R$ 60,5 milhões).

O Palmeiras tem motivos para se preocupar para a partida de amanhã, contra a Ponte Preta, pelo Campeonato Brasileiro. Lucas Barrios deixou o treinamento de ontem sentindo dores e preocupa o departamento médico do clube.

O atacante saiu do treinamento 20 minutos antes do fim dos trabalhos na Academia de Futebol, com dores na perna direita. Ainda não se sabe se elas foram ocasionadas por uma pancada ou uma lesão muscular.

O Corinthians terá dois novos titulares para tentar encerrar o jejum de quatro partidas sem ganhar, no domingo, em visita ao Vitória. O meia Giovanni Augusto ganha a posição de Romero e atuará pelo lado esquerdo do ataque. Já o meia-atacante Guilherme ganha o lugar de Rodriguinho.

A diretoria do Santos enviou à Colômbia um empresário da cidade, que participa da maioria das negociações do presidente Modesto Roma, para tentar fechar a contratação do atacante Jonathan Copete, do Atlético Nacional.

O Santos só aguarda aval do presidente do time colombiano para anunciar a contratação. O clube pagará US$ 1,5 milhão (aproximadamente R$ 5 milhões) ao Atlético Nacional pela liberação de Copete. Entre clube e jogador já está tudo certo, após a assinatura de carta de vínculo com o clube paulista.


Deixe seu comentário