CARTAS

Maior leilão rodoviário

No primeiro leilão rodoviário realizado pelo governo João Dória (PSDB-SP) se revestiu de sucesso, e foi arrematado pelo consórcio liderado pelo Fundo Pátria Investimentos, em parceria com o fundo GIC, de Cingapura. Também, é o maior leilão rodoviário realizado até aqui no País, quando concede 1.273 km de estradas (a média foi de 482 km) que vai da cidade de Piracicaba a Pindorama, divisa com Mato Grosso do Sul. E teve um ágio 73 vezes maior que o valor mínimo estipulado de R$ 15 milhões, arrecadando R$ 1,1 bilhão, contra o segundo colocado de R$ 527,05 milhões. E, com expectativa que este lote chamado de Pipa, receba em 30 anos investimentos de R$ 14 bilhões. O resultado deste leilão é um bom termômetro para as mais de duas dezenas de concessões, e privatizações programadas pelo Governo do Estado de São Paulo. Que, se consumadas, devem propiciar R$ 40 bilhões de investimentos e milhares de novos postos de trabalho.

Paulo Panossian

paulopanossian@hotmail.com


Deixe seu comentário