NOVO CORONAVÍRUS

Mais de 2 mil pacientes ainda aguardam resultado de exame para a Covid-19 no Alto Tietê

DADOS Mais de 2 mil pacientes ainda aguardam resultado de exame para a Covid-19 no Alto Tietê. (Foto: divulgação)
DADOS Nas dez cidades da região, 2036 moradores manifestaram sintomas graves da Covid-19 e ainda aguardam resultado de exame. (Foto: divulgação)

Mais de dois mil moradores do Alto Tietê aguardavam resultado de exames para a Covid-19 até as 18 horas de desta quarta-feira (25), segundo dados das Vigilâncias Epidemiológicas. Conforme resolução do Plano de Contingência Nacional para Infecção Humana pelo Coronavírus atualmente os testes são aplicados apenas a pacientes com sintomas graves e profissionais da saúde. Nas 10 cidades da região outras 3.189 pessoas apresentaram sintomas leves ou moderados, mas não tiveram coleta de exame e foram mandadas para casa sem respostas (veja quadro abaixo).

Entre os testes para a Covid-19 no Alto Tietê divulgados até ontem, 57,5% (8.717) foram descartados e 42,5% (6.454) tiveram resultados positivos. No Brasil, a média de casos confirmados é de 31%, segundo o centro de pesquisa britânico Imperial College.

O diretor-executivo da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan, disse na última segunda-feira (22) que a porcentagem de testes de coronavírus que dão positivo no Brasil indica que o número real de pessoas contaminadas no país pode estar subestimado.

Segundo ele, o Brasil ainda testa uma parcela muito pequena da população. “Nos países que aplicam grande número de testes, a porcentagem de positivos fica perto de 5%”, afirmou o diretor-executivo.

Nas últimas 24 horas, 228 moradores da região testaram positivo para a doença. O total chega a 6.454.

Até o momento, a Covid-19 foi responsável por 595 óbitos no Alto Tietê, o que equivale à taxa de letalidade de 9,2% em relação ao número de pacientes com diagnóstico confirmado.

Ontem, as estatísticas tiveram acréscimo de mais 16 mortes, registradas nas cidades de Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Salesópolis e Suzano.


Deixe seu comentário