POLICIAMENTO

Major da Rota coordenará operações da PM em Mogi

Relder Souza vai se encarregar de traçar estratégias contra bandidos. (Foto: Divulgação)
Relder Souza vai se encarregar de traçar estratégias contra bandidos. (Foto: Divulgação)

Na solenidade de promoção de quatro aspirantes a tenente da Polícia Militar do Estado de São Paulo, o tenente-coronel Ary Kamiyama, comandante do 17º BPM/M, anunciou na manhã de ontem, a chegada do major Relder Sandro de Souza para assumir o cargo de coordenador operacional, responsável por traçar estratégias de policiamento no combate à criminalidade em Mogi das Cruzes, Guararema, Biritiba Mirim e Salesópolis. O oficial substitui o major Wellington Protásio, o qual foi indicado para liderar a Divisão Operacional do CPAM-12 (Comando de Policiamento de Área Metropolitana) pelo coronel Wagner Tadeu Silva Prado. O major Relder atuou por 10 anos na Rota (Ronda Ostensiva Tobias de Aguiar), na Capital. “Ele trabalhou muito na Rota, que é uma tropa de elite e com certeza aplicará a sua experiência na nossa região no combate aos criminosos”, destacou Kamiyama.

Ele ainda destacou o trabalho da recém promovida capitã Eliane Barbosa Alves. Ela coordena o ‘P5’ – Setor de Relações Públicas e Comunicações do Batalhão. Os aspirantes, agora, tenente são Jonathan Samuel Lopes Munaretto, Edberto Oliveira Oliveira de Melo, Filipe Sales e Anselmo da Silva Almeida.

Segundo o comandante Ary Kamiyama, “este comandante e demais oficiais do 17º BPM/M rogam para que estes oficiais conservem durante a jornada policial militar os valores e deveres disseminados na ‘casa mãe’, sendo íntegros no cumprimento do dever, na proteção das pessoas, no combate ao crime e sobretudo na preservação da ordem pública”.

Ao mencionar que a carreira do policial militar é de alto risco, Kamiyama lembrou da morte no último dia 2, do sargento PM Samuel Marques Ambrósio, de 35 anos, lotado no 32º BPM/M, em Suzano. O policial se aproximou para conter um motorista que dirigia de forma imprudente por Ferraz de Vasconcelos, na divisa de Itaim Paulista, e foi atropelado e morto por Leandro de Sá Oliveira, de 35 anos, o qual só parou o carro na cidade de Poá depois de furar um dos pneus.

O ato heroico do sargento Ambrósio, que deixou a mulher e dois filhos, foi mencionado assim como a ação de outros policiais mortos em serviço.

Ainda ao falar sobre o major Relder Sandro, o comandante do 17º BPM/M frisou que “ele veio para agregar, é o que nós já esperávamos”. O novo coordenador operacional reside em Jacareí, no Vale do Paraíba, mas já conhece Mogi das Cruzes. Ao concluir, o tenente-coronel Kamiyama repetiu o slogan da Corporação: “Polícia Militar, você pode confiar”.