ATUALIZAÇÃO

Marcus Melo volta à Prefeitura na próxima semana

Prefeito de Mogi com carga viral do novo coronavírus. (Foto: reprodução)

O prefeito Marcus Melo (PSDB) só deve retomar suas atividades normais na próxima semana. Ontem ele realizou exames de sangue para verificar se já está livre do novo coronavírus para poder sair do isolamento e hoje deve repetir o procedimento a fim de confirmar sua imunidade, mas os resultados só devem sair amanhã. Como a cidade aderiu à proposta de feriado prolongado a pedido do Governo do Estado, mesmo que o chefe do Executivo receba alta médica, permanecerá em casa até terça-feira.

Nesta quinta-feira Melo e a mulher e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Karin Melo, completaram 15 dias da quarentena, isolados em casa com os dois filhos e um sobrinho, que também testaram positivo para o coronavírus. O prefeito disse que todos estão bem, praticamente sem sintomas da doença. Mesmo depois de receber alta, o prefeito explica que vai continuar adotando todas as normas de higiene, máscaras e distanciamento social para garantir a segurança dele e de todos ao seu redor, a fim de dar o exemplo.

Questionado sobre o feriado prolongado deste final de semana, ele voltou a dizer que a decisão foi tomada a pedido do Estado, durante videoconferência realizada anteontem entre representantes do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), como tentativa de ampliar o isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.

Por consenso, os prefeitos as 10 cidades da região decidiram atender a solicitação do Governo do Estado e vão antecipar para essa sexta-feira o feriado de Corpus Christi, originalmente comemorado em 11 de junho. Melo conta que também conversou e explicou a situação ao bispo diocesano dom Pedro Luiz Stringhini, que não se opôs à medida e confirmou que a igreja vai manter as celebrações da data, mas com programação virtual.

Também está confirmada a antecipação do feriado estadual da Revolução Constitucionalista de 9 de julho para segunda-feira, dia 25. “Essa é uma medida importante para manter o isolamento social, porque em dias de feriados a circulação de pessoas reduz nas ruas. Além disso, os reflexos vão ser sentidos depois da pandemia, quando as atividades forem retomadas e voltar tudo ao eixo, porque as atividades não precisarão parar para comemorar essas datas”, justifica.

Melo explica que no feriadão estarão funcionando apenas os serviços essenciais. Nesse período, no entanto, a Prefeitura continuará a distribuição das 28 mil cestas básicas que o Estado destinou às famílias carentes da cidade. O material será entregue de porta em porta na casa das pessoas.


Deixe seu comentário