INFORMAÇÃO

Melo vai entregar 14 obras durante junho

Sem grandes festas, os trabalhos vão ser ainaugurados este mês

Conforme a coluna de ontem antecipou, o prefeito Marcus Melo (PSDB) tem 14 obras prontas e engatilhadas para serem entregues ao público durante este mês, embora as restrições impostas pela pandemia da Covid-19 impeça que sejam feitas inaugurações festivas, com presença de público e outras atividades extras. A relação já está pronta, embora não tenham sido definidas as datas em que as inaugurações irão acontecer, com a presença de, no máximo, 10 pessoas. O registro em vídeo destas solenidade servirá para abastecer as redes sociais, onde cada obra será detalhada para conhecimento do público em geral. Não há dúvida de que a campanha de Melo à reeleição sai bastante prejudicada em razão da política de isolamento social a ser adotada durante a entrega dos trabalhos. Entre os projetos concluídos ou em fase de final de acabamento estão a praça Diego Leme Chavedar, nas proximidades da estação ferroviária, assim com as pavimentações das avenidas Ismael Alves dos Santos (Mogilar) e Presidente Dutra (Aruã). O mirante localizado no Pico do Urubu é outra obra concluída. Já a esperada Base da Guarda Municipal, na antiga sede da Polícia Rodoviária, no distrito de Jundiapeba, recebe os serviços finais. Quatro creches estão na lista. Em fase final, as do Jardim Universo, Vila Natal e Jardim Aeroporto II, sendo que na do Botujuru, as obras ainda estão em andamento. Em fase de conclusão também está a Unidade de Pronto-Atendimento, UPA de Jundiapeba. Quatro obras ligadas às áreas de esporte e lazer ainda estão em andamento: o complexo esportivo do Parque Olímpico, campo de grama sintética e melhorias em praça do Conjunto Residencial do Cocuera e na Vila da Prata. A Vila Industrial também deverá receber um campo de futebol com grama sintética.

Testes – 1

O Hospital Luzia de Pinho Melo, de Mogi, está entre os seis hospitais de São Paulo e 15 de outros estados escolhidos pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) para testar o vermífugo Nitazoxanida em pacientes diagnosticados com a Covid-19, mas que estão assintomáticos. Segundo o ministro Marcos Pontes, a pasta quer fazer os testes clínicos deste protocolo experimental em ao menos 300 voluntários.

Testes – 2

O objetivo é medir a carga viral do início do protocolo e ao longo do tratamento, durante um período de cinco dias, e mais nove dias de observação. “Conseguindo demonstrar que o remédio funciona para a redução dessa carga viral, nós temos uma arma poderosíssima contra os efeitos da Covid-19”, garantiu o ministro Marcos Pontes.

Eleições

Se depender do vice-procurador-geral eleitoral, Renato Brill de Góes, representante da Procuradoria-Geral da República, serão mantidas as datas previstas para as eleições municipais deste ano: 4 e 25 de outubro para primeiro e segundo turnos. A adoção de um protocolo de segurança associada à redução dos casos de Covid, que estaria prevista em estudos estatísticos, permite que se mantenha o calendário pré-definido. O parecer foi enviado ao Congresso. A conferir.

Aniversário

A Diocese de Mogi das Cruzes completou, ontem, 58 anos de criação pelo papa João XXIII. Em seu decreto, papa citou o fato de que “a religião e a fé cristã são as maiores entre a população do Brasil”, o que justificaria a criação da nova Diocese. Com isso, Mogi se desmembrou da Arquidiocese de São Paulo, onde dom Paulo Rolim Loureiro era bispo auxiliar do cardeal dom Carmelo Motta. Em agosto de 1962, dom Paulo foi nomeado primeiro bispo de Mogi, vindo a tomar posse em 30 de dezembro daquele ano. “Hoje agradecemos a Deus por esses 58 anos”, disse o atual bispo, dom Pedro Stringhini à coluna.

Frase

Jair Bolsonaro resolveu torturar estatísticas sobre as mortes de brasileiros pela Covid-19 até que confessem só uma “gripezinha”.

José Casado, jornalista e analista político, na edição de ontem de O Globo


Deixe seu comentário