ARTIGO

Memória de infância

Marcus Melo

Jogar bola no campinho perto de casa é uma memória agradável da infância de muita gente. O célere crescimento urbano e os consequentes problemas dele decorrentes, como a falta de espaços e a insegurança, privam crianças e adolescentes das novas gerações dessa prática que gera tão boas lembranças. Na expectativa de multiplicar oportunidades de ocupação saudável, a Prefeitura trabalha na revitalização de áreas ociosas para que virem polos de lazer.

É o caso da nova área de lazer no Conjunto do Bosque, que será entregue à população neste sábado. O espaço recebeu quadra de streetball e campo de futebol society com grama sintética. O próximo passo será instalar no local uma pista de caminhada, cancha de malha e câmera de monitoramento.

Para fortalecer a multiplicação de espaços esportivos, desenvolvemos o Programa Bola na Rede, que já contemplou cinco áreas com campos de futebol e outras estruturas voltadas aos esportes e atividades físicas, como ATI – Academias da Terceira Idade e quadras: Arena Água Verde, Vila Cléo, Jardim Santa Tereza, Complexo Esportivo do Jardim Camila e Jardim das Bandeiras.

A Prefeitura entregou várias outras estruturas esportivas, como o Espaço de Lazer Vereador Nelson da Cunha Mesquita, na Ponte Grande, que conta com cancha de malha e ATI. Igual conjunto esportivo beneficiou ainda o Residencial Itapety. Já o Residencial Novo Horizonte ganhou, em setembro, uma quadra poliesportiva e ATI. Prossegue o trabalho de identificação de espaços para multiplicação de áreas de lazer. Prática saudável hoje para gerar também boas mémórias de infância amanhã.

Marcus Melo é administrador de empresas e prefeito de Mogi das Cruzes


Deixe seu comentário