COMPETIÇÃO

Mogi Basquete busca terceira vitória no NBB12

EVOLUÇÃO O ala/pivô Gruber tenta superar a marcação na partida contra o São Paulo; jogador destacou o jogo coletivo do Mogi. (Foto: divulgação - Antonio Penedo)
EVOLUÇÃO O ala/pivô Gruber tenta superar a marcação na partida contra o São Paulo; jogador destacou o jogo coletivo do Mogi. (Foto: divulgação – Antonio Penedo)

O Mogi Basquete pode conquistar hoje a terceira vitória consecutiva na 12ª edição do Novo Basquete Brasil (NBB12) e na estreia diante dos seus torcedores. Basta vencer o Corinthians em jogo programado para as 20 horas, no ginásio municipal Hugo Ramos, no Mogilar. Mesmo com o retorno do ala Fuzaro, se recuperando de contusão, e da estreia do ala/pivô Alex (recém-contratado), o time terá que mais uma vez atuar na base da superação porque ainda terá os desfalques do pivô João Pedro, contundido, e do ala/pivô Paranhos, na Seleção Brasileira militar.

Com o elenco “enxuto” e com dificuldades, o time venceu suas duas primeiras partidas no NBB12. Depois de passar pelo Paulistano na estreia da semana passada, a equipe do técnico Guerrinha voltar a jogar na base da superação e bateu o São Paulo, por 83 a 80 (41 a 35 no primeiro tempo), em duelo realizado no ginásio do Morumbi, na noite de anteontem.

Com o resultado, o Mogi tirou a invencibilidade do rival, ganhou uma posição e passou a ocupar o terceiro lugar no NBB12. A liderança é do paraibano Unifacisa, com duas vitórias, assim como os mogianos e Franca (quarto colocado). O Flamengo é o vice-líder, com três resultados positivos – são os times com 100% de aproveitamento na competição – até o início da tarde de ontem.

O técnico Guerrinha considerou a vitória “fantástica”. “Nós estamos em desvantagem fisicamente, em decorrência dos jogos, mas a gente tem ‘espírito’, tem coração e isso entra naquela parte do ser humano que ele vai no ‘extra’. Nós estamos usando isso e está valendo. Taticamente nós estamos jogando, mas eu gastei três tempos para descansar os jogadores. Chega uma hora que falta oxigenação, perna e não tem mais leitura de jogo”, salientou o treinador.

O alvinegro do Parque São Jorge ocupa o 11º lugar no nacional, com uma vitória em três partidas. A equipe chega a Mogi animada com o resultado positivo sobre o Bauru, por 88 a 71, na última segunda-feira,

O Corinthians será o terceiro rival do miniestadual Paulista que o Mogi encara neste início de NBB. Na programação, ainda faltam Pinheiros, Bauru e Franca, em novembro.

No meio da competição nacional, o Mogi inicia sua participação na Champions League, no próximo dia 28, contra o argentino San Lorenzo, no ginásio municipal. O sétimo duelo dos mogianos no NBB12 será contra o Flamengo, dia 15 de novembro, no Rio de Janeiro.

Deixe seu comentário