ESPORTES

Mogi Basquete se renova para jogar o Paulista

Jogadores do Mogi sabem da importância de vencer o líder do campeonato. (Foto: Antônio Penedo/ Divulgação)
ESTILO Jogadores em treino: técnico Guerrinha quer Mogi forte na defesa e com ataque rápido. (Foto: divulgação – Antonio Penedo)

Com elenco renovado e com uma proposta de apostar na garotada, o Mogi inicia hoje sua caminhada na temporada 2019/2020 nas disputas do Campeonato Paulista Masculino da Divisão Especial Série A-1. O primeiro duelo será contra a Liga Sorocabana, às 20 horas, no ginásio municipal Hugo Ramos, no Mogilar. Sem contar com jogadores importantes que ajudaram na campanha da terceira colocação da última edição do Novo Basquete Brasil (NBB11) e sem um patrocinador master, a comissão técnica trabalhou para ter um time mesclado com atletas experientes e outros novos em busca de objetivos, de crescimento no esporte. A apresentação oficial do time foi realizada na noite de ontem.

Para o início da temporada foram contratados o armador Alexey Borges e o ala André Góes, que estavam no time de Franca, o ala-armador Danilo Fuzaro, que jogava na Espanha, e o ala-pivô Alexandre Paranhos (ex-Minas Tênis). Além disso, o ala-pivô Luis Gruber, o pivô João Pedro, o técnico Guerrinha e os jovens ala-armador Guilherme Lessa e o armador Lucas Lacerda renovaram seus contratos. Para completar o elenco, a comissão técnica utilizará jogadores que ainda estão nas categorias de base.

Não renovaram com a equipe mogiana os alas Shamell, Gui Deodato e Filipin (encerrou a carreira), o ala-pivô José Carlos, o pivô JP Batista, e os armadores Arthur Pecos e Enzo Cafferata.

Na preparação para o Paulista, o time mogiano encarou Corinthians e São José, na semana passada, em amistosos – os resultados não foram divulgados. “Este time terá defesa, a saída rápida e a transição. É um time bem mais físico do que o da temporada passada”, assinalou o técnico Guerrinha.

O campeonato terá a participação de 13 equipes divididas em dois grupos. Franca Basquete, Pinheiros, Mogi, Basquete Osasco, América, São Paulo e Liga Sorocabana integram o grupo A. A chave B conta com Paulistano, Bauru, São José, Corinthians, Rio Claro e São João da Boa Vista.

Pelo regulamento, os times jogam no sistema de turno e returno dentro de seus grupos, sendo que os dois primeiros de cada chave avançam diretamente às quartas de final. As demais equipes se enfrentam nas oitavas em um playoff (o terceiro de um grupo contra o sexto do outro, e o quarto contra o quinto) para definir mais quatro classificados. Quartas de final, semifinais e finais também serão disputadas em playoffs, série melhor de três partidas.