ESPORTES

Mogi Futsal visa fechar Liga Paulista no G-5

TRABALHO FÍSICO Jogadores do Mogi fazem reforço muscular na academia Trainer, no Mogilar. (Foto: Eisner Soares)
TRABALHO FÍSICO Jogadores do Mogi fazem reforço muscular na academia Trainer, no Mogilar. (Foto: Eisner Soares)

Com a meta de avançar para a segunda fase e encerrar a Liga Paulista de Futsal (LPF) entre os cinco melhores (G-5), o Mogi inicia hoje sua participação e contra o Santo André, em jogo programado para as 20 horas, no ginásio Noêmia Assunção, no Grande ABC. O comando do time mogiano considera a partida como uma decisão já que observa o rival como um concorrente direto a uma das seis vagas do grupo B da competição à segunda fase. Apesar da presença de mais três equipes de alto nível, o Grupo do Alto Tietê está animado em realizar uma boa campanha depois de chegar na terceira colocação na Copa Paulista, no primeiro semestre deste ano, e em terceiro nos Jogos Regionais de Ilhabela e São Sebastião, neste semestre.

Para as disputas da Liga, o Mogi terá algumas mudanças em relação ao time do primeiro semestre. As novidades na equipe do técnico Goda são o pivô Jackson, que estava no Guaratinguetá, e o ala Leandro, que atuava no ALG, do Rio Grande do Sul. Por outro lado deixaram o time mogiano o ala/pivô Waguininho, o ala Cláudio, que negociava com o Araraquara, e os goleiros Mateus, quer foi para o Jacareí, e João, que vai praticar futsal na Itália.

Mesmo com as alterações, o técnico Goda espera que o time mantenha a pegada do primeiro semestre, quando o grupo venceu cinco dos seis primeiros jogos da Copa Paulista e teve maior tranquilidade para o restante da temporada e obteve a terceira colocação. “É uma competição mais difícil, com a entrada de times de nível ainda maior”, afirmou Goda.

Desta forma, a comissão técnica trabalha para somar o maior número de pontos nas duas primeiras rodadas – o segundo jogo do Mogi será na próxima sexta-feira contra o Indaiatuba, às 19h45, no ginásio do Cempre, no Botujuru. “Consideramos dois adversários diretos na nossa luta pela classificação e precisaremos somar pontos, de preferência com vitórias”, explicou o coordenador Amós Martins.

O Mogi está no Grupo B, que ainda conta com Corinthians, São Carlos, Guaratinguetá, Araraquara, Hortolândia e Bauru. “Corinthians e São Carlos são clubes da Liga Nacional, os mais fortes da chave. Então a nossa luta será a de chegar entre os cinco primeiros”, assinalou Amós Martins.

A Liga Paulista, principal competição do estado, conta com 18 times divididos em dois grupos. A chave B, considerara a da “morte” conta com as equipes do Sorocaba, Taboão, Pulo do Gato (Campinas), São Caetano, Botucatense, Dracena, Taubaté, São José e Jundiaí.

Pelo regulamento da Liga, os times vão se enfrentar dentro de cada chave, com partidas só de ida – o Mogi realizará quatro jogos em casa e quatro jogos fora de casa.

Apóis os confrontos, seis times de cada chave vão se classificar para a segunda fase, sendo que os dois melhores de cada grupo avançam de forma direta para as quartas de final.

Pelo posicionamento de cada time, os oito restantes vão fazer a etapa oitavas de final em um playoff de jogo único, com mando de quadra do melhor colocado. Os quatro vencedores seguem na luta pelo título com os quatro classificados da primeira fase.


Deixe seu comentário