PARCERIA

Mogi ganhará mais uma cidade-irmã

INTERCÂMBIO Comitiva de prefeitos do Condemat estão na china. (Foto: divulgação)
INTERCÂMBIO Comitiva de prefeitos do Condemat estão na china. (Foto: divulgação)

No próximo mês, as autoridades chinesas de Yongkang deverão vir a Mogi das Cruzes para assinatura de acordo de cooperação socioeconômica com a cidade. Nesta segunda-feira, o vice-prefeito Juliano Abe (MDB) e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Social, Clodoaldo de Moraes, estiveram na futura cidade-irmã mogiana para trabalhar as tratativas.

Ao lado dos demais integrantes da comitiva formada por representantes do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), da diretoria regional do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) e de empresários convidados da Câmara Geral de Empresários Chineses no Brasil, Abe e Moraes conheceram o parque de empresas de hardwares para uso doméstico e industrial, que inclui a fabricação de ferramentas, utilidades para a casa e equipamentos diversos.

“Está na hora de Brasil e China se unirem nas suas pontualidades para fazer frente aos bloqueios de mercado impostos por outras nações. Mogi possui metade da área geográfica de Yongkang, mas está entre as 60 maiores economias do Brasil e tenho certeza de que esta irmandade trará desenvolvimento às nossas cidades”, declarou o vice-prefeito que integra a comitiva como representante do prefeito Marcus Melo (PSDB), responsável pelo início de estreitamento de laços entre os mogianos e os chineses.

O secretário de Desenvolvimento frisou que Mogi tem áreas apropriadas para abrigar novos empreendimentos, assim como logística privilegiada, mão de obra qualificada e uma rede institucional de apoios, liderada pela Prefeitura. “Mostramos nosso potencial e atrativos para estimular o empresariado chinês a investir em nossa cidade, gerando empregos e renda”, descreveu Moraes.

Formado ainda pelo presidente da Câmara Municipal, Sadao Sakai (PR), e pelo vereador Jean Lopes (PCdoB), ambos mogianos, o grupo do Alto Tietê também esteve na Dahua Technology, uma das maiores empresas de segurança que possui filial no Brasil e oferece soluções para monitoramento. “Começamos a parceria entre a Dahua e Mogi das Cruzes em fevereiro e já estamos para inaugurar um sistema inovador em videomonitoramento que vai melhorar muito a segurança na cidade”, afirmaram os vereadores.

A utilização de câmeras com reconhecimento facial reforçou a estrutura de segurança da mais recente quermesse da Festa do Divino Espírito Santo, encerrada neste domingo. Os equipamentos foram instalados em parceria entre a Prefeitura de Mogi e a Dahua, sem custos para a administração municipal.