BASQUETE

Mogi inicia série decisiva no NBB11

Franca e Mogi fizeram jogo equilibrado, na noite do último sábado, pelo Paulista. (foto: Newton Nogueira, Franca Basquete)

O Mogi/Helbor faz hoje a primeira das quatro partidas decisivas para se garantir entre os quatro melhores times da etapa de classificação da 11ª edição do Novo Basquete Brasil – no G-4, a equipe avança direto para as quartas de final. E logo de cara o time mogiano terá um jogo muito difícil, já que enfrenta o Pinheiros vice-líder do nacional e que tentará se reabilitar na disputa. A partida está marcada para as 21 horas, no ginásio poliesportivo Henrique Villaboim, na Capital. O grupo do Alto Tietê ainda tentará se recuperar de duas derrotas consecutivas – Paulistano e Corinthians.

Para o elenco do técnico Guerrinha serão quatro jogos para o time buscar quatro vitórias para não se complicar na reta final da primeira fase e perder o lugar para o Paulistano, que encostou no time mogiano na tabela de classificação.

O Mogi hoje ocupa o quarto posto, com 15 vitórias em 22 jogos, com 68,2% de aproveitamento. O problema é que o Paulistano, com um duelo a menos, está na quinta colocação, com 21 partidas e 14 resultados positivos – 66,7%.

E além de ter que vencer os seus jogos – Pinheiros (hoje), Botafogo (em casa), Franca e Bauru (fora de casa), os mogianos também, vão torcer por derrotas do Paulistano entre as suas últimas cinco partidas – Joinville (fora), Franca, Bauru e Botafogo (em casa) e São José (fora).

No jogo de hoje, como diante do Corinthians na semana passada, a equipe terá no comando o supervisor Cadum Guimarães e o auxiliar técnico Alexandre Rios. O técnico Guerrinha e o auxiliar Danilo Padovani cumprem uma punição de seis meses de suspensão pelo episódio envolvendo o doping do ala Shamell. O clube já recorreu da decisão no Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (TJDAD), órgão responsável pelo afastamento dos dois integrantes da comissão técnica mogiana.

No primeiro turno, em outubro do ano passado, o Pinheiros venceu o Mogi, por 83 a 77, no Ginásio Municipal Hugo Ramos, no Mogilar. “Esperamos um jogo duríssimo. Vamos tentar fazer o nosso melhor para sair com a vitória. O Pinheiros vem jogando bem. É uma equipe fortíssima jogando dentro do seu ginásio”, salientou Cadum Guimarães

O Pinheiros já ocupou o topo da classificação, mas perdeu a liderança para Franca. “O Pinheiros está vivendo um momento muito bom. O time deles não tem um cestinha. A cada jogo tem um diferente e isso é mais difícil de marcar. Daqui pra frente são quatro jogos e é briga para ficar no G-4. O jogo é importante para eles também, que estão brigando para ficar em primeiro. Se a gente entrar com vontade teremos uma chance de voltar com a vitória”, ressaltou o ala Shamell, que se tornou o primeiro jogador a atingir a marca de sete mil pontos no NBB.