FUTSAL

Mogi mescla time para a Liga Paulista

Em relação ao ano passado, o time do Mogi foi praticamente todo remodelado. (Foto: João Ricardo Santo)
Em relação ao ano passado, o time do Mogi foi praticamente todo remodelado. (Foto: João Ricardo Santo)

A diretoria do Mogi Futsal aposta na força da garotada e na experiência de veteranos para se classificar para a segunda fase da Liga Paulista de Futsal (LPF). A principal competição da bola pesada do Estado de São Paulo começa hoje para os mogianos. Nesta mescla de jogadores, o grupo do técnico Willer Fernandes recebe o Araraquara, a partir das 19 horas, no Ginásio do Cempre, no Botujuru. Será a primeira batalha contra um rival direto para a etapa seguinte do campeonato, que contará com 12 das 17 equipes que iniciam as disputas.

Em relação ao ano passado, o time foi praticamente todo remodelado. Saíram atletas considerados importantes como os pivôs Rogério e Kleiton – sendo que o primeiro foi para o Japão, e o segundo se transferiu para o Taubaté ao lado do ala Alê. “Eram três peças fundamentais em nosso esquema de jogo. Infelizmente não tivemos como segurar os jogadores por questões financeiras”, explicou o dirigente Amós Martins.

Por outro lado, o técnico e o comando do Mogi vão apostar em um bom campeonato com jogadores jovens como Alisson, Gustavo, todos com 21 anos, e os gêmeos Thales e Thavem, de 19 anos e que estavam na Portuguesa.

Com a garotada, aparecem nomes de jogadores experientes como Thiago, Rodrigo Mogi, Hugo, Vitão e Ditão, último nome dos contratados pelo time. “Será uma mescla de experiência e de juventude”, salientou Amós.

Mesmo com uma grande mudança nas peças do time, o comando do Mogi aponta que o grupo está bem qualificado e evoluiu a cada treino visando a Liga Paulista. “Mesmo com tantas mudanças, tivemos uma qualidade de treino melhor, principalmente porque agora estamos trabalhando no Botujuru, no local onde mandaremos os jogos. A tendência é ter melhor rendimento”, explicou Amós.

A competição deste ano tem um novo formato. Antes dividida em dois grupos, a Liga 2018 possui uma chave com todos os 17 times que jogarão entre si em turno único. Após a realização dos 16 confrontos, somente as 12 melhores agremiações passam de fase

O dirigente Amós Martins conta com um resultado positivo hoje, numa espécie de jogo de seis pontos. Segundo o cartola, a Liga deste ano possui três divisões. A primeira conta com quatro clubes com nível superior porque estão nas disputas da Liga Nacional. São Corinthians, São José, Magnus e Intelli.

A segunda reúne agremiações tradicionais, como AABB, Taubaté, Pulo do Gato e Guaratinguetá. E a terceira divisão, onde está o Mogi e outros oito times: Santo André, Bauru, Itapeva, Indaiatuba, Barueri. Dracena, Hortolândia e Araraquara.

Desta forma, ele espera que o Mogi realiza um belo jogo hoje à noite. “O Araraquara é uma equipe que está no nosso nível. Assim, nós não poderemos perder a chance de conquistar os pontos em casa para avançar de fase”, analisou Amós.


Deixe seu comentário