URGENTE

Mogi registra caso suspeito de coronavírus

São Paulo lidera números no país, com 2.375 mortes pelo novo coronavírus. (Foto: divulgação)
Uma jovem de 22 anos, residente no centro de Mogi, esteve na cidade de Wuhan, na China, é suspeita de estar com o coronavírus

A Secretaria Municipal de Saúde de Mogi das Cruzes está monitorando um caso de suspeita de coronavírus, cuja notificação ocorreu no dia de hoje (quarta). Segundo informações oficiais, uma jovem de 22 anos, residente no centro da cidade, que chegou de Wuhan, na China, no dia 26 passado, foi atendida nesta quarta-feira, no Hospital Ipiranga, apresentando dores na barriga e na garganta. A paciente morou na China por cinco anos e visitou várias outras cidades daquele país, antes de retornar ao Brasil e à residência de seus familiares, em Mogi.

No hospital foram feitas coletas de materiais para exames laboratoriais, todos enviados para análises, em São Paulo.

Apesar de a paciente não apresentar perfil clínico específico da doença, a Secretaria Municipal de Saúde recebeu orientação do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) do Estado de São Paulo para notificar e monitorar o caso, em função do perfil epidemiológico da paciente e do seu recente retorno da cidade epicentro da doença.

Segundo apurou O Diário, a paciente foi medicada e por estar passando bem, recebeu alta, no final da tarde de ontem, mas deverá permanecer em casa, com os sintomas monitorados, assim como seus familiares. Os cuidados especiais serão com a possível ocorrência de febres.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, outros cuidados, que valem para toda a população, são os mesmos adotados para evitar outras doenças respiratórias: lavar as mãos com água e sabão ou álcool, principalmente antes das refeições; utilizar lenço descartável para higiene nasal; cobrir o nariz e a boca quando tossir ou espirrar; evitar tocar mucosas de nariz, olhos e boca; higienizar as mãos após tossir ou espirrar; não compartilhar objetos de uso pessoal (copo, garrafa, talher, batom); manter ambientes sempre ventilados; evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença.


Deixe seu comentário