NOSTALGIA

Mogi volta a ter cinema no Centro

Nova fachada do cinema relembrará a antiga. (Foto: Divulgação)
Antiga fachada do Cine Urupema. (Foto: Arquivo)

O Centro de Mogi das Cruzes voltará a ter salas de cinema. Por iniciativa da HBR Realty, o Shopping Patteo Urupema, centro de compras a ser desenvolvido na antiga sede da Helbor Empreendimentos S.A., terá quatro salas de cinema no último andar do edifício com 53 metros de altura. O local abrigará 84 lojas, 22 quiosques, praça de eventos, praça de alimentação e 246 vagas de estacionamento em três subsolos.

O novo empreendimento comercial, que ficará pronto em 2022, fará frente para a Avenida Voluntario Fernando Pinheiro Franco e ocupará a quadra formada ainda pelas ruas Santana, Coronel Santos Cardoso e Rui Barbosa. Seu lançamento contribuirá com a revitalização do centro, por atrair grandes marcas, promover investimentos, bem como gerar empregos, impostos e oportunidades de negócios.

“Planejamos com muito carinho esse projeto porque aquele terreno faz parte da história da nossa família e das nossas empresas, e além disso tem enorme relevância para o comércio da cidade”, lembrou o economista Henrique Borenstein, presidente da Hélio Borenstein S.A. – Administração, Participações e Comércio, controladora da HBR Realty. “Naquele local funcionaram a Helbor, a própria Hélio Borenstein S.A. e outros negócios que movimentavam a economia de Mogi”, destacou Borenstein.

Nova fachada do cinema relembrará a antiga. (Foto: Divulgação)

Segundo André Agostinho, diretor da HBR Realty, “o Shopping Patteo Urupema contará com 9.131,73 m² de área bruta locável (ABL) e 28.251 m² de área construída, em sete pavimentos, com escadas rolantes, e que trará inúmeras opções de alimentação, entretenimento e lazer para a população mogiana”. O projeto do empreendimento é do arquiteto Wilson Marchi Júnior; o paisagismo é do arquiteto Benedito Abbud; a decoração de interiores é da arquiteta Sandra Pini e a construção será realizada pela MPD Engenharia.

CINEMA

As quatro salas de cinema do Patteo Urupema serão da rede Cinemark com capacidade de 800 lugares, incluindo uma sala com tecnologia XD para exibição de produções com os mais avançados recursos disponíveis. Esse padrão é infinitamente superior ao dos equipamentos de projeção da primeira metade do século passado, período em que o saudoso Cine Urupema, que pertencia à Cinematográfica Mello Freire & Borenstein, do Capitão Joaquim de Mello Freire, o “Capitão Quinzinho” e seu genro Hélio Borenstein, fez história. Durante cerca de 20 anos ele foi o maior cinema do País, com seus 3.600 lugares, marca só superada pela inauguração do Cine Universal, no Brás, em São Paulo, com capacidade para 3.800 pessoas.

A homenagem do novo centro de compras ao Cine Urupema não está só no nome. A fachada do empreendimento comercial remeterá à arquitetura que identificava o antigo cine da cidade, aliando nostalgia e modernidade. O Urupema foi inaugurado em 1947, quando filmes como “E o Vento Levou” com Clark Gable e “Cantando na Chuva” com Gene Kelly, arrastavam multidões às salas de exibição no Brasil.

Durante décadas, o Urupema que estava localizado na Praça Firmina Santana, fez parte da vida cultural de milhares de mogianos. Com o novo empreendimento da HBR Realty, o cenário de toda uma época volta a ser destaque na história da cidade, desta vez num dos lugares mais cobiçados pelo comércio mogiano, a “Avenida dos bancos”.

Para os lojistas interessados em se instalar no Shopping Patteo Urupema haverá estande com a maquete do empreendimento e corretores de plantão para futuras locações na Avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco, 515.


Deixe seu comentário