MIRIM

Mogiano João Vitor Mafra canta e dubla, agora em casa

RESPONSABILIDADE Aos 14 anos, João Vitor Mafra tem participado de produções mais adultas, como ‘You’ e ‘Apocalipse V’, ambas da Netflix. (Foto: divulgação)
RESPONSABILIDADE Aos 14 anos, João Vitor Mafra tem participado de produções mais adultas, como ‘You’ e ‘Apocalipse V’, ambas da Netflix. (Foto: divulgação)

Nem a pandemia de Covid-19 foi suficiente para parar João Vitor Mafra. Descoberto pelo ‘The Voice Kids’, o garoto mogiano que além de cantar é dublador continua com vários projetos, mesmo isolado em casa, na capital. Isso porque sua família o ajudou a construir, no quarto, ao lado da cama, um mini estúdio de gravação. O resultado pode ser visto na tela, em diversas produções do streaming.

Parece que foi ontem, mas João Vitor cantava no palco do ‘The Voice’ há mais de três anos. Hoje já tem 14. A adolescência o permite participar de projetos menos infantis, como as séries da Netflix ‘You’ e ‘Apocalipse V’, sendo a última já gravada em casa, por exemplo. E ele segue fazendo os personagens lúdicos de antes, como Kevin de ‘PJ Masks’, Bingo de ‘Puppy Dog Pals’, Jonathan da ‘Fancy Nancy Clancy’ e muitos outros.

Além de todos os projetos no universo da dublagem, ele continua ativo como cantor. Em março, pouco antes do decreto estadual de quarentena, lançou o primeiro single da carreira, ‘Seu Olhar’, letra escrita e produzida por Valéria Custódio e Thiago Costa. De lá para cá, fez clipe oficial para a faixa e também promoveu lives com outros cantores, como a amiga Gaby Novais, também mogiana e também participante do ‘The Voice Kids’.

João Vitor se define como um cantor/dublador, e não o contrário. “O canto me levou para a área da dublagem, e sonho em fazer shows e ser reconhecido no mundo todo por meio da música”, diz ele, que depois do lançamento da versão de 2019 de ‘O Rei Leão’, da qual participou dando voz ao pequeno Simba, não parou mais.

“Fiz muitas apresentações, estive no ‘Meus Prêmios Nick’ e em muitos outros lugares, como o lançamento de ‘Come Together’, do grupo Now United”, conta o garoto, que não parou nem mesmo depois de ter lançado a própria canção, quando o coronavírus já era uma ameaça.

Neste “momento delicado”, a comunidade de dubladores de São Paulo e também do Rio de Janeiro se reuniu virtualmente para definir como seria o andamento dos trabalhos, à distância. A solução encontrada foi montar um home studio no quarto de João Vitor, como conta a mãe dele, Cintia Mafra.

“Fizemos uma estrutura de dois metros de altura e 1,60 metro de comprimento com canos de PVC, espuma acústica e papelão. Tivemos que fazer investimentos na parte do microfone e do computador, mas tudo isso com orientação dos profissionais de dublagem”, afirma ela.

O projeto, além de manter a qualidade na gravação de áudio, resultou num João Vitor Mafra mais independente. É nesse “cantinho” que ele tem feito ações como a ‘Live do Dia do Dublador’, na última quarta-feira, dia 29 de junho, com a presença de outros jovens dubladores, Paulo Gomes e Isa Cavalcante.

A autonomia do adolescente mogiano se estende também à agenda profissional, que é gerida por Cintia. Exemplos são a série ‘You’, cuja classificação indicativa é de 16 anos- e que João participou mas não assistiu por ainda ter 14- ou o filme ‘Feel The Beat’, ambos disponíveis na Netflix, que ele gravou “sem que a mãe soubesse”.

É claro que Cintia participa da assinatura dos contratos, e portanto tem conhecimento de todos os projetos, mas ela brinca que “tem coisas que ele dubla e não conta”, como no caso da já citada ‘You’, em que reconheceu a voz do filho a partir de seu personagem, um menino que chama pela mãe.

Se da última vez que conversou com a reportagem de O Diário a “ficha” de João Vitor ainda não tinha caído, agora parece que isso está acontecendo. Ele conta com o apoio da família para caminhar com controle e equilíbrio, porém o espírito e a energia da novidade seguem vivas.

“Tenho participado de séries que muitas pessoas assistem, como ‘Lúcifer’. É sempre uma surpresa”, diz o menino, cheio de projetos, tanto no mundo da música como no mundo da dublagem. Mesmo com tantos sonhos para sonhar, ele mantém a ideia de dublar uma “criança super-herói nos cinemas”. Para quem tão novo já participou de produções de empresas como a Disney, ele não parece estar longe de alcançar a meta.

Três palcos: dublagem, música e redes sociais

Tudo começou com música, forma de arte que não sai da vida de João Vitor Mafra, como ele próprio garante. “Pra energia fluir, eu compartilho o amor / Desde cedo minha mãe me ensinou a não desistir dos meus sonhos”, canta o jovem mogiano na letra de seu primeiro single, ‘Seu Olhar’. E esse é só o primeiro passo. “Quero compor, quero fazer mais ‘lives’, estou me preparando para postar várias novidades no YouTube”, diz.

Antes de falar dos projetos para as redes sociais, há uma ação importante no campo musical acontecendo agora. João Vitor é um dos 20 participantes do torneio ‘Sing Home Intermezzo’, e vai se apresentar no perfil @intermezzoescola no próximo dia 19, quando dependerá do apoio do público para seguir para a próxima etapa.

“Quero pegar papel e caneta e escrever músicas, até mesmo sobre o momento delicado que vivemos hoje”, diz o artista mirim, que não confirma mas também não descarta a possibilidade de um CD no futuro.

Por enquanto, porém, ele tem outras preocupações. Pela primeira vez com uma agência de assessoria, tem trabalhado bastante nas redes sociais, com pelo menos um post por dia, como um ‘Papo Entre Amigos’ em que entrevista diferentes personalidades, ou então fotos dos personagens que dubla. E já são muitos.

Alguns dos personagens, entre animações e produções live action, são Dez, de ‘Apocalipse V’; a versão criança de Joe em ‘You’; Jonathan de ‘Fancy Nancy Clancy’; ‘Ezra’ de ‘The Inbestigators’; Bingo, de ‘Puppy Dog Pals’; Cooper, de ‘Coop & Cami’; Wesley de ‘Hello Ninja’; Matteo de ‘Bunk’d’; Lampo de ‘44 Cats’; Shaka, de ‘Family Reunion’; Simba de ‘O Rei Leão’…

“Tem mais conteúdo vindo aí. Esses dias fui num estúdio, com todos os cuidados, como máscara e álcool gel, e gravei novidades para meu canal do YouTube”, promete João Vitor.


Deixe seu comentário