Mogi/Helbor começa a planejar a nova equipe

Ewerton Komatsubara fica sem cargo diretivo no time / Foto: Arquivo
Ewerton Komatsubara fica sem cargo diretivo no time / Foto: Arquivo

O Mogi/Helbor confirmou ontem (23) à tarde o desligamento de Ewerton Komatsubara do caergo de diretor da equipe. No entanto, ele deve continuar bem próximo do grupo, na função de captador de patrocínios. Um novo nome deve ser anunciado pelo clube para o cargo em breve, segundo a assessoria de imprensa do clube. A mudança faz parte do planejamento para a temporada 2016/2017. A demissão do dirigente foi efetivada na tarde da última sexta-feira, em informação divulgada com exclusividade na Coluna Arquibancada, no último domingo.

Komatsubara ainda não confirmou se assumirá a nova função e deve decidir nos próximos dias. O presidente do time mogiano, Reiad Abdul Arabi disse que o clube está passando por um processo de mudança e que a nova função deve dar mais tempo para Komatsubara se dedicar a captar novos patrocinadores.

Arabi ressaltou que o clube está negociando com patrocinadores e que também deve fechar com atletas e comissão técnica ainda nesta semana. O presidente fez questão de tranquilizar a torcida mogiana que está ansiosa para saber sobre como virá a equipe para próxima temporada.

Indicados

O Mogi/Helbor teve mais um jogador indicado aos Melhores do Ano da edição 2015/2016, do Novo Basquete Brasil. Após o ala Jimmy ser votado para concorrer aos prêmios de melhor defensor e sexto homem, agora o armador Vithor Lersch para Destaque Jovem da competição nacional. O garoto vai concorrer como melhor jogador sub-22 com Deryk Ramos, do Brasília, e Lucas Dias, do Pinheiros. O vencedor será conhecido no dia 14/06.

Na disputa de Melhor Defensor, O ala Jimmy vai concorrer com o unico vencedor deste prêmio na história, Alex Garcia, que tentará manter sua hegemonia, e com Jefferson Campos, que jkogou em Suzano e em Mogi e disputou esta temporada no Brasília.


Deixe seu comentário