Mogi/Helbor enfrenta o Macaé nesta quinta-feira

Guerrinha acerta o posicionamento dos jogadores do Mogi. (Foto: Antonio Penedo/ Mogi/Helbor)
Guerrinha acerta o posicionamento dos jogadores do Mogi. (Foto: Antonio Penedo/ Mogi/Helbor)

GERSON LOURENÇO
Nada melhor do que enfrentar o ‘vice-lanterna’ para se reabilitar na 9ª edição do Novo Basquete Brasil (NBB9). É a chance do Mogi/Helbor diante do Macaé, em duelo programado para esta quinta-feira (20), às 20 horas, no Ginásio Municipal Hugo Ramos, no Mogilar. Os mogianos entram na quadra para se recuperar da derrota diante do líder Flamengo, por incríveis 83 a 57, anteontem, e para seguir entre os quatro primeiros colocados na classificação – hoje com 58,3%, com sete vitórias em 12 partidas. Já o time do Rio de Janeiro faz uma campanha irregular, com apenas duas vitórias em 13 partidas – 15,4% de aproveitamento dos pontos.

O Mogi ainda entra na quadra hoje com ampla vantagem sobre o rival na história do NBB. Os times se enfrentam desde a temporada 2013/2014. Dos 11 duelos, oito foram vencidos pelos mogianos. E dos seis jogos realizados no Ginásio Municipal, o time da casa saiu com o resultado positivo em cinco oportunidades.

A última vitória do Macaé no Ginásio Municipal foi no playoff do NBB 2014/2015. Em abril daquele ano, o time do Rio de Janeiro venceu por 89 a 84. Por outro lado, o Mogi venceu o rival nas últimas quatro partidas.

Com uma inflamação no ombro direito, o armador Larry Taylor será desfalque do time hoje. O atleta seguirá em tratamento e deve ser desfalque em quatro ou cinco partidas.

A partida de hoje será a quarta de uma série de cinco consecutivas do Mogi em casa. A última, que pode deixar os mogianos mais próximos da terceira colocação, será um confronto direto com o Vitória – atual terceiro colocado com nove vitórias em 13 partidas – 69,2% de aproveitamento.

O pega com o Vitória, que está programado para este domingo, a partir das 19 horas, será o último do Mogi no primeiro turno do NBB. No returno, os mogianos terão os dois primeiros jogos fora de casa – Sorocaba (25/01) e Paulistano (27/01) – para marcar o final da sequência de oito partidas em janeiro.


Deixe seu comentário