CAMPANHA

Moradora de César de Souza busca ajuda financeira para recuperar a visão

Cirurgia pode devolver 100% da visão do olho direito. (Foto: Eisner Soares)
Cirurgia precisa de ajuda para fazer segunda cirurgia. (Foto: Eisner Soares)

O medo da cegueira é um drama na vida da dona de casa Cláudia Ambrósio, moradora na estrada Velha de Sabaúna, em César de Souza. Ela perdeu toda a visão do olho esquerdo e agora precisa de ajuda para realizar a cirurgia para recuperar parte da visão do direito. O problema de vista chegou a um nível crítico por causa de complicações da diabetes, uma doença silenciosa, que deixa muitas sequelas.

Cláudia já passou por uma intervenção há cerca de um ano e conseguiu evitar a cegueira total, mas agora precisa fazer uma revisão no olho direito, hoje com apenas 20% de visão. Ele teve a garantia de especialista na área de que um novo procedimento cirúrgico poderá recuperar 50% do olho esquerdo. Sem a operação, pode ficar totalmente cega.

Diagnosticada com diabetes há mais de 20 anos, o drama dela começou agravou há quando percebeu problemas na vista e ficou sabendo que ficaria totalmente cega por causa da doença. Um dos olhos já estava em estágio avançado e o outro começava a apresentar problemas.

Inconformada com o diagnóstico, Cláudia começou uma peregrinação em busca de uma oftalmologista que pudesse resolver o problema. Lembra que a maioria deles disse que o processo era irreversível. Apenas a clínica do oftalmologista Marcelo Hatanaka, um renomado médico nessa especialidade, reacendeu a sua esperança. Porém, o local não atende pelo sistema público e nem convênio. Só particular.

O valor da cirurgia era de mais de R$ 30 mil. Ela recorreu às redes sociais e ao jornal, que publicou matéria. Ela conta que conseguiu ajuda depois de uma reportagem publicada em O Diário, há um ano. A reportagem foi lida por um senhor de São José dos Campos, através do site. Depois disso, ele a procurou para doar uma parte dos valores. O homem que fez a doação de mais de R$ 20 mil preferiu ficar no anonimato. O restante foi arrecadado com ajuda da igreja evangélica que frequenta e através de uma campanha no Facebook.

A cirurgia possibilitou a recuperação de boa parte da visão. Mas, para continuar enxergando, vai ter que passar por outro procedimento. É que durante a intervenção, o médico teve que colocar um líquido de silicone para segurar a retina. Agora, precisa passar por nova operação para retirar esse material e também extrair a catarata que está atrapalhando e contribuindo para agravar ainda mais o problema.

O diagnostico dela é de retinopatia diabética progressiva. O novo procedimento vai custar mais cerca de R$ 30 mil. Para conseguir os valores, Cláudia lançou uma nova campanha pela internet e voltou a pedir ajuda de O Diário para divulgar a sua história. A grande preocupação é com o filho especial de 30 anos que depende dela. Atualmente recebe apenas com o amparo social de um salário que recebe por causa do filho.

Para sobreviver conta com a ajuda de familiares. A igreja evangélica que ele frequenta em César de Souza também está ajudando na campanha.

Ela convida a todos para conhecer um pouco mais da sua história e ajudá-la nessa luta. Todos os detalhes estão na página que ela mantém no Facebook, como Claudia Ambrósio, onde explica toda a sua história e consegue interagir com a ajuda de amigos que estão dando apoio nesse momento.