LEO KAUFFMANN

Motociclista mogiano conquista Campeonato Brasileiro de Enduro

FUTURO O piloto mogiano Leronardo Kauffmann afirma que pensa na próxima temporada e vai trabalhar para correr na classe amadora. (Foto: arquivo)
FUTURO O piloto mogiano Leronardo Kauffmann afirma que pensa na próxima temporada e vai trabalhar para correr na classe amadora. (Foto: arquivo)

Com 142 pontos, o piloto mogiano Leonardo Kauffmann confirmou seu favoritismo ao longo da temporada e conquistou no último final de semana o Campeonato Brasileiro de Enduro Fim, no município de Patrocínio, no Triângulo Mineiro (MG). A conquista foi na categoria youth (juvenil), pela equipe mogiana MX, em competição que reuniu 18 motociclistas. Ele manteve o ritmo em todas as seis etapas deste ano e chegou ao último dia do evento como o grande favorito efecghou a prova no terceiro lugar. “Foi a minha primeira vez no campeonato. Consegui vencer as duas primeiras etapas, então na final fui mais de boa, para não machucar e nem cometer erros. É o meu primeiro título brasileiro e agora tenho que treinar bastante porque ano que vem subo de categoria e vou para a Amadora”, revelou Leo, que fez sua primeira corrida em 2016.

Mais um integrante da equipe Enduro MX, de Mogi das Cruzes, completou os três primeiros lugares no campeonato nacional – Vinícius Aguilar, somou 132 pontos, enquanto Bruno Massa obteve o quarto lugar, sendo ultrapassado por Thales Uemura, com 101 pontos. Os representantes mogianos correm com motocicletas modelo KTM, de 250 cc e 300 cc. Até ontem, não foram divulgados de forma oficial os tempos dos pilotos na etapa em Patrocínio.

Na competição organizada pela Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM), Leo Kauffmann venceu ainda as quatro primeiras etapas do nacional. Em Aracruz (ES), em junho, ele completou o percurso com o tempo de 50min09s na primeira prova e depois fechou a segunda corrida com o tempo de 1h12min46s.

Nas duas primeiras corridas do ano, em Itapema (SC), em março, Leo completou o percurso da primeira prova com o tempo de 1h21min08s – foi cerca de 12 minutos mais rápido do que Aguilar, companheiro da equipe MX.

Já na segunda prova e com outras condições de pista, Kauffmann foi o único a completar o percurso em menos de duas horas, com o tempo de 1h45min41s – seus rivais passaram de 2h05min – a marca do segundo colocado, Bruno Massa, também do time da MX.

As provas de enduro são disputadas no meio da mata com obstáculos naturais, em percursos de cerca de 150 km. Vence o piloto que completar as trilhas com o melhor tempo. Os participantes são divididos por categorias, de acordo com o nível técnico.

Para ter bom desempenho nas provas, a equipe treinam toda semana nas trilhas da Serra do Itapeti.

O time conta com o apoio da Empresa ASW com o acompanhamento do campeão nacional Nielsen Bueno, experiente e renomado piloto. Ele foi o vencedor na categoria E35 e comemorou seu sexto título brasileiro no enduro pela equipe Power Husq.

Deixe seu comentário