POLÍCIA CIVIL

Motorista é preso por causar acidente na rodovia Mogi-Guararema

PERIGO Mogi Guararema tem elevado número de acidentes. (Foto: divulgação)
PERIGO Mogi Guararema tem elevado número de acidentes. (Foto: divulgação)

No final da tarde desta quarta-feira, Pedro Paulo dos Santos, de 49 anos, foi escoltado à Cadeia de Mogi das Cruzes e está à disposição da Justiça. Hoje de manhã, ele será levado ao Fórum, onde participará da audiência de custódia. Ontem, a Polícia Civil de Guararema o autuou em flagrante por homicídio culposo (sem intenção), embriaguez, omissão de socorro e fuga de local de acidente. Por volta das 22 horas desta terça-feira, dirigindo o seu Fiat Punto ERC-5084, ele atropelou e matou Genival Evangelista dos Santos, na rodovia Mogi-Guararema, próximo ao acesso à cidade.

A ocorrência chegou a ser registrada como morte suspeita, porém uma testemunha procurou a Polícia e deu informações sobre o condutor do veículo. Uma equipe de investigadores encontrou o motorista do Fiat Punto no serviço. Ele foi detido e apresentado ao delegado titular Denis Miragaia que o autuou em flagrante.

O carro envolvido no acidente foi submetido à perícia na Polícia Científica. O veículo estava amassado na parte da frente, o que comprova o atropelamento. Na delegacia, Pedro negou inicialmente que tivesse ingerido bebida alcoólica, mas caiu em contradições e admitiu à autoridade que tomou pinga e cerveja. O acusado do homicídio culposo ainda confessou que fugiu do local depois de atingir o homem porque ficou com medo. Os policiais civis de Guararema também esclareceram que a vítima do atropelamento estava desaparecida de sua casa desde o último dia 26, conforme queixa formalizada pela família dele.

Deixe seu comentário