SUSPEITA DE ASSALTO

Mulher é presa com arma da facção PCC em Ferraz

Equipe apurou que a submetralhadora era usada em assaltos. (Foto: Divulgação)
Equipe apurou que a submetralhadora era usada em assaltos. (Foto: Divulgação)

Uma submetralhadora Beretta, de calibre 40, com o carregador contendo dois projéteis, pertencente à facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), segundo o delegado titular Márcio Cursino, do 1º Distrito Policial, em Ferraz de Vasconcelos, foi apreendida na noite desta segunda-feira pelos policiais civis Wagner dos Santos e  Adriano de Oliveira. A equipe encontrou a arma na casa de Dirce Meire Domingos Vicente, de 47 anos, na ‘Favela Boca do Sapo’, na Rua São Lázaro, no Jardim Mercedes, naquela cidade. De acordo com a autoridade, “nós já vinhamos realizando investigações sobre a existência de armas na comunidade, que eram utilizadas para a prática de  crimes como roubos em Ferraz e nos outros municípios da Região, portanto, a equipe descobriu ontem uma informação que nos levou a encontrar a submetralhadora”, afirmou o delegado Cursino.

Ele e o escrivão Wellington Miranda autuaram em flagrante Dirce por porte ilegal de arma de uso restrito das Forças Armadas. Interrogada, ela alegou desconhecer a procedência da arma localizada sob o sofá da sala. O delegado Márcio Cursino e equipe seguem nas buscas que visam apreender mais armas da facção e outros membros do PCC.