CASO

Mulher morre após ser atropelada no Conjunto do Bosque

DIÁRIO

Somente na madrugada desta sexta-feira a Polícia Civil foi informada no Distrito Central pelo cabeleireiro Marcelo de Souza Carvalho, de 32 anos, sobre o falecimento de sua mãe, Maria Estelita de Souza Carvalho, de 66 anos, que residia no Jardim Aeroporto III. Ela havia sido vítima de acidente no dia 21 de maio, na avenida Shozo Sakai, no Conjunto do Bosque. Uma equipe da Polícia Militar atendeu a ocorrência, porém não a comunicou a delegacia.

Na ocasião, sem saber o que aconteceu com a mãe dele, Marcelo ficou preocupado com seu desaparecimento e pediu ajuda nas redes sociais. Uma internauta o comunicou sobre o atropelamento de uma mulher, lhe deu a descrição e ele, após longa procura, localizou Maria Estelita no Hospital Luzia de Pinho Melo, acompanhou o tratamento, mas ela morreu ontem de madrugada.

O delegado Daniel Miragaia registrou o homicídio culposo (sem intenção), fazendo constar no histórico do Boletim de Ocorrência que a vítima Maria Estelita foi atingida pela motocicleta Honda pilotada pelo motoboy Bruno Izaltino Meireles, de 23 anos. A causa do acidente ainda será apurada em inquérito no 2º Distrito Policial, em Braz Cubas.

Drogas

A Polícia Militar prendeu ontem de madrugada Thiago Thomaz de Godoy, de 37 anos, com expressiva quantidade de cocaína e crack, além de dinheiro que obteve com o tráfico. Ele foi conduzido de Jundiapeba ao Distrito Central, sendo autuado em flagrante pelo delegado Paulo


Deixe seu comentário