ARTIGO

Mulheres poderosas

José Francisco Caseiro

ciesp@ciespaltotiete.com.br

Catorze das 20 Mulheres Mais Poderosas do Brasil em 2020 são executivas e empresárias, segundo lista da Forbes divulgada às vésperas desse Dia da Mulher. A publicação confirma o avanço da participação feminina em todos os campos, das artes ao judiciário. Nos negócios e na economia, são destaques mulheres que estão em funções estratégicas na Petrobras, Uber, Nubank, PepsiCo, Vivara e Nk Store, só para citar algumas.

Não se trata mais do discurso politicamente correto de equidade de gênero e igualdade de oportunidades. A presença de mulheres nas grandes companhias representa eficácia. E comprovada por estudos mundiais que mostram um aumento de 15% na rentabilidade de empresas com até 30% de liderança feminina.

A presença de mulheres nos quadros de médio e alto escalão também impacta positivamente na atração de talentos, retenção de funcionários, melhoria do clima organizacional e melhor compreensão das necessidades dos clientes, além do ganho de imagem.

Isso tudo tem deixado para trás questões que, até recentemente, eram consideradas impeditivas na contratação de mulheres, como possíveis gestações e o afastamento da licença-maternidade. O que pesa para as grandes companhias hoje são o profissionalismo e os resultados entregues por elas.

Essa nova visão tem contribuído para o aumento da presença feminina no mercado de trabalho e também para diminuir as diferenças salariais. Ainda que as projeções apontem um longo caminho a ser percorrido pelo Brasil, onde só em 2085 haverá igualdade salarial, acredito que as mulheres têm se mostrado poderosas para mudar também essa perspectiva.

A nós cabe se render de vez ao talento feminino, incentivar novas oportunidades e apoiar o sucesso das mulheres todos os dias!

José Francisco Caseiro é diretor do Sistema Fiesp/Ciesp no Alto Tietê


Deixe seu comentário