VENDAS

No fim de ano, Helbor fecha contrato milionário

Contrato de locação de espaços corporativos com a We Work garante destinação a 70% do estoque da incorporadora. (Foto: Divulgação)
Contrato de locação de espaços corporativos com a We Work garante destinação a 70% do estoque da incorporadora. (Foto: Divulgação)

Em um único contrato, celebrado na semana passada com a WeWork, gigante norte-americana que atua na locação de espaços corporativos, a Helbor, incorporadora mogiana, deu destinação rentável a 70% de seu estoque de unidades não vendidas. Assinado por Ary Krivopisk, diretor de Real Estate da WeWork na América Latina, e Henry Borenstein, presidente da Helbor, o contrato engloba a Hélio Borenstein S.A., controladora da Helbor e empresas coligadas.

Pelo acordo, 100 mil m2 de espaços corporativos, propriedade do grupo mogiano, passam a integrar o portfólio da WeWork. Embora as empresas não tenham divulgado valores, o mercado avalia que esta operação poderá reforçar o caixa da Helbor em até R$ 100 milhões/ano, além de livrá-la das despesas de condomínio dos imóveis não ocupados, estimadas hoje em R$ 30 milhões/ano. Os 30% de unidades Helbor não incluídas no acordo são imóveis residenciais.

Para Ary Kripopisk, “a WeWork evolui na direção em que proprietários se tornam nossos parceiros de negócio; é um modelo ganha-ganha, que só é possível ser realizado com empresas como a Helbor, com quem temos um ótimo relacionamento e que está alinhada com os nossos interesses de negócio. O propósito é agregar valor aos proprietários e realmente fazer dessa relação uma parceria, de forma que beneficie as incorporadoras e, ao mesmo tempo, nos possibilite seguir com o nosso plano de rápida expansão no Brasil e demais países da região Estamos muito felizes em anunciar a Helbor como nosso primeiro parceiro de longo prazo, em um acordo que envolverá números tão expressivos”.

Henry Borenstein também é otimista: “A Helbor é uma companhia atenta às inovações do mercado imobiliário, que sempre busca desenvolver produtos com importantes diferenciais em todos os nossos segmentos de atuação, entre os quais o que é voltado à área comercial. Por isso, ter como parceiro a WeWork, que trouxe um novo conceito e está elevando a outro patamar a ideia de espaços de trabalho em todo o mundo, é algo que realmente faz sentido para a Helbor, para a Hélio Borenstein, nossa controladora, e demais empresas coligadas. Além de transformar os espaços em ambientes modernos, inovadores e bastante atrativos para o usuário final, ficamos muito seguros em firmar este compromisso com uma empresa que vem atraindo a atenção de alguns dos maiores investidores do mundo e que, mesmo estando há pouco tempo no Brasil, vem demonstrando sua seriedade e enorme potencial de crescimento no País”.

A WeWork, há 18 meses no Brasil, tem valor de mercado estimado em US$ 45 bilhões e oferece espaços corporativos sob conceitos próprios. É possível locar apenas um posto de trabalho por tempo determinado e usufruir todo apoio de secretárias, equipamentos, copa, telefonia etc., até um edifício inteiro a longo prazo, com a infraestrutura adaptada pela WeWork, segundo as necessidades do locatário. Da lista “Fortune 500 Companies”, 30% são clientes da WeWork.