INFORMAÇÃO

Novidades nas eleições dos Conselhos Tutelares

LAVAGEM O secretário Marcos Penido, banha a imagem peregrina da Santa Aparecida na principal nascente do rio Tietê, domingo, na cidade de Salesópolis. (Foto: divulgação)

Urnas eletrônicas foram cedidas pelo TRE e serão utilizadas para o pleito

O Tribunal Regional Eleitoral irá ceder gratuitamente, 74 urnas eletrônicas à Prefeitura e ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Mogi das Cruzes para serem utilizadas nas eleições de três Conselhos Tutelares, marcadas para acontecer no próximo dia 6 de outubro, no horário das 8 às 17 horas, em cinco locais de votação localizados em diferentes pontos da cidade. As urnas estarão devidamente preparadas para as seções eleitorais e para contingência, em perfeitas condições de uso, com cabinas, flashes e mídias de resultado de votação, bem como dos programas de registro do voto e demais programas complementares, necessários ao uso, além de apoio técnico para o bom andamento das eleições dos Conselhos. Os eleitores de Mogi foram distribuídos em cinco locais de votação: Cempre Benedito Ferreira Lopes (Vila Lavínia), Escola Municipal Coronel Almeida (Centro), Cempre Prof. José Limongi Sobrinho (Botujuru), Cempre Oswaldo Regino Ornellas (Jundiapeba), e Cempre Ruth Cardoso (Jardim Layr), sendo necessário consultar o local de votação. No próximo dia 27, às 19 horas, no prédio II da Prefeitura à Rua Francisco Franco, haverá a apresentação dos candidatos aos Conselhos para a população, num evento aberto, onde cada um dos 38 concorrentes terá a oportunidade de falar de seus planos aos presentes. Qualquer eleitor poderá votar, embora não seja obrigatório, nem haja necessidade de justificar a falta. Pelo fato de os votos serem capturados em urnas eletrônicas, os cidadãos deverão apresentar título eleitoral ou número e documento com foto. É preciso estar em dia com a Justiça Eleitoral e ter domicílio em Mogi. Cada eleitor poderá votar uma única vez e em um único candidato. O mandato dos conselheiros eleitos será de quatro anos. A partir de 2020, Mogi terá três Conselhos Tutelaras. Assim, haverá 30 vagas para conselheiros, segundo 15 titulares e 15 suplentes. Após a definição dos vencedores, será feita a escolha do local de trabalho. Os 30 eleitos serão distribuídos entre as unidades do Centro, Braz Cubas e Jundiapeba, este último em fase de criação. Cada Conselho terá cinco titulares e cinco suplentes. Com o término do prazo de inscrições de candidatos, a Prefeitura e o Conselho da Criança e do Adolescente estarão divulgando a relação dos concorrentes ao pleito.

Banho – 1

O secretário de Estado do Meio Ambiente, Marcos Penido, surpreendeu os prefeitos da região, religiosos e demais presentes, durante solenidade, no último domingo, no Parque Nascentes do Tietê, em Salesópolis. A certa altura do Projeto Tietê – Esperança Aparecida, ele tomou em suas mãos a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, levada até lá pelos padres redentoristas da Basílica, desceu com ela até a principal nascente do rio e lavou a santa nas águas ainda límpidas daquele local.

Banho – 2

Para quem não entendeu muito bem a cena, o secretário Marcos Penido, que se diz muito devoto de São José, o padroeiro de Salesópolis, explicou: a lavagem da imagem na nascente seria para que ela derramasse suas graças nas águas do Tietê, principalmente para sua preservação e recuperação. Ah, bom…

Poluição

Alguns dias depois de o presidente da Sabesp, Benedito Braga, haver atribuído a maior responsabilidade pelo aumento da mancha negra de poluição no Tietê aos serviços autônomos de águas e esgotos de Guarulhos e Mogi , o governador João Doria (PSDB) assinou ontem, no Palácio, contrato para o tratamento do esgoto de Guarulhos pela Sabesp. No sábado, quando esta coluna mostrou a sua irritação com a fala de Braga, o prefeito Marcus Melo (PSDB) voltou a criticar tais declarações, durante evento em escola do bairro do Mogilar.

Para pensar

Depois do que houve com Guarulhos, não seria normal se pensar num provável interesse da Sabesp de assumir o controle do Semae de Mogi? Caso isso estivesse ocorrendo, não seria a primeira vez que a companhia lançaria seu olho grande para cima do serviço autônomo mogiano, hoje com situação econômico-financeira bem mais equilibrada. Tal fato já foi notícia quando Maluf tentou, de todas as formas, transferir o Semae para a Sabesp. E quando Chico Bezerra quase ganhou uma eleição de prefeito com a fake news de que seu adversário pretendia realizar tal mudança. No governo de Bertaiolli, novamente o assunto voltou ao debate. E agora?

Frase

Acho Luciano Huck um nome muito interessante. Ele tem se esforçado numa aprendizagem da política de forma muito focada. Não vejo como uma candidatura que cai do céu, como o Doria, que não sabia patavina da cidade.

Marta Suplicy (sem partido), ex-prefeita e ex-ministra

Deixe seu comentário