TIAGO CONTIERI

O engenheiro que faz música na internet

Apesar de ser formado em engenharia civil e trabalhar na área, o mogiano Tiago Contieri Sant’ana é apaixonado por música. Ele tem um canal no YouTube, com covers e dicas de violão, que atinge 138 mil inscritos, e está se programando para viver exclusivamente como criador de conteúdo. (Foto: Eisner Soares)
Apesar de ser formado em engenharia civil e trabalhar na área, o mogiano Tiago Contieri Sant’ana é apaixonado por música. Ele tem um canal no YouTube, com covers e dicas de violão, que atinge 138 mil inscritos, e está se programando para viver exclusivamente como criador de conteúdo. (Foto: Eisner Soares)

Durante a infância, Tiago Contieri Sant’ana lembra que queria ser carteiro. Mas esse sonho durou pouco, já que aos 11 anos ele começou a cantar, em frente a TV ou ao rádio, as músicas sertanejas que sua mãe, Angela Suemi Contieri Sant’ana, ouvia. O interesse pela música é inerente a ele, que nessa mesma época observava o avô materno, Antonio Batista Contieri, tocar violão de vez em quando. E mesmo que não fizesse aulas, Tiago pegava o instrumento para treinar sozinho, com o auxílio de algumas revistas de cifras.

Quando aos 12 anos, compôs sua primeira música, que falava de amor. Ele chegou a participar de várias bandas durante a vida escolar, mas a maioria ficava só na fase de ensaios, o que mudou no último ano do Ensino Médio, com o grupo Vinter, pelo qual se apresentou na noite mogiana, fazendo backing vocal e tocando contrabaixo.

No entanto, ainda que a carreira artística de Tiago estivesse começando a tomar forma, incentivado pela família, em 2012 ele deixou a música de lado e se inscreveu no curso de Engenharia Civil, pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Na verdade, o plano do mogiano era se formar e trabalhar na área de segurança do trabalho, que tinha experimentado durante um curso técnico feito pela Escola Técnica Estadual (Etec) Presidente Vargas, no ano anterior.

Foi de uma maneira curiosa que Tiago conseguiu, no segundo ano de faculdade, um estágio. Ele estava vendendo uma case para guitarra na internet, e um dos interessados em comprar era da construtora Enplan, que viu que ele cursava engenharia e o ofereceu a vaga.

Por lá Tiago era auxiliar técnico, e acompanhava in loco obras residenciais, além de atuar no setor de elaboração de contratos. Ele exerceu essas funções até 2016, quando passou a integrar a equipe da Helbor, como técnico de obras, fazendo a vistoria final nos empreendimentos junto dos proprietários.

Antes disso, porém, em 2013, o mogiano deixou a banda Vinter, e decidido a continuar envolvido com música, criou um canal no YouTube, plataforma em ascensão na época. O primeiro vídeo, lançado por Tiago em janeiro daquele ano, é um cover da canção ‘Here Without You’, do grupo 3 Doors Down. Depois vieram outras interpretações, de estilos variados, como sertanejo e funk.

Preocupado com a qualidade do som, para gravar os vídeos ele criou um pequeno estúdio dentro da própria casa. Mas, ainda assim, a frequência de novos conteúdos era baixa, já que a faculdade tomava muito o tempo. Essa situação só foi mudar no final 2016, quando ele concluiu os estudos e traçou um plano para o crescimento do canal.

No começo de 2017, o canal Tiago Contieri tinha dois mil inscritos, número que começou a subir à medida que ele passou a diversificar o conteúdo, principalmente a partir do quadro ‘Como Impressionar no Rolê’, em que apresenta versões simplificadas de grandes sucessos do momento.

Assim, ele se tornou um criador de conteúdo, já que seu canal passou a ter também curiosidades musicais, com canções tocadas em estilos e instrumentos diferentes dos originais, como o ukelele. Com isso, a intenção era criar público para divulgar suas mais de 40 composições.

A ideia deu certo, e no ano passado Tiago lançou o EP ‘De Novo Por Aí’ no Spotify, plataforma de streaming que recebeu novos singles dele neste 2018. Outra faceta do trabalho de Tiago é a de professor, com vídeos de dicas básicas de violão e canto, projeto que cresceu e no começo deste mês de outubro virou um curso online.

Assim, aos 26 anos Tiago programa, para o futuro, transformar o YouTube em profissão. Por enquanto, ele aposta nas vendas do curso online, e se prepara para uma temporada na Itália, país pelo qual deve tirar cidadania em breve. A intenção dele para o próximo ano é atingir a marca de 500 mil inscritos e começar a postar vlogs, além de lançar novos singles e continuar com os quadros já existentes em seu canal.

Curto-Circuito

Viver em Mogi é… sentir frio e calor no mesmo dia

O melhor da Cidade é… a limpeza e organização

E o pior? A falta de um mercado 24h

Sinto saudade de… quando eu era criança

Encontro paz de espírito… quando estou em contato com a música

Pra ver e ser visto… ‘How I Met Your Mother’, série que eu mais amo

Meu prato preferido é… Frango à parmegiana

Livro de cabeceira… ‘O Alquimista’, de Paulo Coelho

Peça campeã de uso do meu guarda-roupa? Camiseta básica sem estampa

O que não tem preço? A felicidade

Uma boa pedida é… uma cerveja no final do dia

É proibido… deixar de acreditar nos sonhos

A melhor festa é… aquela em que os amigos estão presentes

Convite irrecusável… Ir ao show do ‘Blink-182’

O que tem 1001 utilidades? Hoje em dia o celular, sem dúvida

Meu sonho de consumo é… viver da minha música

Qual foi o melhor espetáculo da minha vida? Ter tocado ukulele na ilha de Capri, na Itália

Cartão-postal da Cidade… Pico do Urubu

O que falta na Cidade? Um aeroporto

Qual é a química da vida? Ter amor ao que se faz

Deus me livre de… perder os direitos de expressão