TURISMO

Obra do novo mirante do Pico do Urubu, em Mogi, está em fase de execução

CONCORRIDO Local recebe grande número de praticantes de vôo livre (Foto: Arquivo)

Obras estão sendo executadas no topo da Serra do Itapeti, obedecendo à legislação ambiental em vigor

Até o final deste semestre, deve ser lançado o Mirante do Pico do Urubu, em Mogi das Cruzes. Atualmente, são executados trabalhos de assentamento de bloquetes no estacionamento e também de revestimento.

O projeto contempla um deck e ainda, na pedra central, a construção de um espaço de atendimento ao turista, a fim de ajudar no trabalho e credenciamento de pilotos, principalmente de voos duplos. Por conta de legislação ambiental, não haverá banheiro.

O prefeito Marcus Melo (PSDB) ressaltou que está recuperando o ponto turístico mais importante do município. “Nós fizemos um levantamento perguntando para a população qual é o ponto turístico que as pessoas mais se identificam, e o Pico do Urubu foi indicado porque tem um visual espetacular. O investimento está na ordem de R$ 400 mil, melhorando toda a infraestrutura e dando apoio à associação de voo livre que atua no local”, destacou.

CONCORRIDO Local recebe grande número de praticantes de voo livre (Foto: Arquivo)

Melo lembrou que, no passado, uma rampa para voos construída no espaço foi retirada. “O pessoal que pratica voo no local identificou que não tem necessidade de uma rampa. A questão ambiental foi resolvida. A Prefeitura conseguiu as licenças. Ali é um topo de morro, então tem as características próprias, e a Prefeitura está recuperando o local”, detalhou.

Já em relação ao acesso ao pico, o prefeito diz que as equipes de trabalho da Prefeitura realizam a manutenção da Estrada da Cruz do Século. “Aquele espaço hoje já é ocupado pelas pessoas. Vamos monitorar com o apoio da população. Se necessário for, vamos colocar a Guarda para garantir a segurança dos usuários e também a preservação do espaço”, reforçou Melo.

O valor dos serviços está estimado em R$ 444 mil, sendo R$ 438.750,00 a serem pagos pelo governo federal e R$ 5.250,00 pelo município, como contrapartida.

O Pico do Urubu ficou conhecido pelas atividades de voo livre que são realizadas rotineiramente, especialmente aos finais de semana. Mesmo com a falta de estrutura, como banheiros, o alto da serra ganhou mais visitantes em busca das belezas naturais e da peculiaridade desse posto de observação com visão privilegiada de Mogi e cidades próximas.

O crescimento do número de turistas, ciclistas e montanhistas interessados nas trilhas que entrecortam esse trecho remanescente da Mata Atlântica, no entanto, trouxe problemas, sujeira e situações inadequadas, como uso da área para camping. (Natan Lira)


Deixe seu comentário