PANDEMIA

Obras do hospital de campanha de Mogi têm início na Avenida Cívica

O COMEÇO Máquinas e homens estão mobilizados na implantação de estrutura para o novo hospital. (Foto: Eisner Soares)
O COMEÇO Máquinas e homens estão mobilizados na implantação de estrutura para o novo hospital. (Foto: Eisner Soares)

Teve início nesta quarta-feira (1) a implantação do hospital de campanha na avenida Cívica, ao lado do Ginásio Municipal Professor Hugo Ramos, no Mogilar. No total, serão 3 mil metros quadrados de área construída e capacidade para acomodar 200 leitos de retaguarda, que serão divididos em quatro enfermarias.

A montagem da estrutura começou na manhã desta quarta-feira e deve prosseguir pelos próximos 10 dias. “O hospital de campanha dará suporte ao Centro de Referência para Coronavírus instalado no Hospital Municipal e também para todos os outros hospitais do município, conforme definido pelo Comitê Gestor do Coronavírus”, adiantou o secretário municipal de Saúde, Henrique Naufel.

Segundo ele, o novo hospital deverá abrigar pacientes leves, com sintomas iniciais da doença, ou aqueles em recuperação, com alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), por exemplo. Além das enfermarias, a futura unidade contará com outros espaços, como recepção, triagem, área médica, embarque e desembarque de pacientes, vestiários, sanitários e armazenagem de medicamentos e insumos. Haverá infraestrutura para gases medicinais (vácuo, ar comprimido e oxigênio).

Depois de vários estudos, a localização do hospital de campanha foi definida com objetivo de aproveitar toda infraestrutura existente no ginásio municipal, como banheiros, vestiários, espaços para armazenamento de medicamentos, insumos e equipamentos, rede wi-fi, estacionamento, além da facilidade de acesso. A estrutura será utilizada, ainda, para distribuição dos alimentos e outros serviços de apoio necessários.

O Comitê Gestor do Coronavírus na cidade está finalizando outros detalhes do funcionamento do novo hospital, como a forma de gerenciamento, a futura contratação dos profissionais e os custos estimados para sua manutenção.

Centro de Referência

Em funcionamento desde 18 de março, o Centro de Referência do Coronavírus no Hospital Municipal de Mogi das Cruzes, localizado em Braz Cubas, tem entrada exclusiva pelo Bloco B, que fica na rua Capitão Francisco de Almeida, 466, no distrito, e está disponível para pacientes com idade a partir dos 13 anos. Para menores, o atendimento continua sendo realizado no Pronto Atendimento 24 horas Infantil da mesma unidade de saúde.


Deixe seu comentário