FORÇA-TAREFA

Operação conjunta fiscaliza desmanches em Mogi

Desmanches foram fiscalizados durante as buscas realizadas por policiais militares. (Foto: Divulgação)
Desmanches foram fiscalizados durante as buscas realizadas por policiais militares. (Foto: Divulgação)

A Polícia Militar em parceria com o Detran realizou ontem a Operação Alcapone em Mogi das Cruzes e Guararema. A blitz que foi organizada pelo Detran começou a partir das 8 horas e “visou combater a receptação e o desmanche de veículos roubados e furtados, além de coibir o funcionamento de estabelecimentos irregulares como depósito conhecido como ferro velho”.

A operação, conforme nota divulgada pela Polícia Militar, ainda teve a participação do Corpo de Bombeiros, Polía Militar Ambiental, Cetesb, Prefeitura Municipal e Vigilância Sanitátia.

Ainda de acordo com informações esta operação colabora com as outras do 17º BPM/M, comandado pelo tenente-coronel Ary Kamiyama, também voltadas à redução de furtos e roubos de veículos também denominadas como
Cavalo de Aço, Força Total e Força Metropolitana.

As ações da Polícia Militar tem como finalidade servir como prevenção e por consequência reduzir os índices de criminalidade. Este tipo de policiamento também será realizado em outros municípios da Região do Alto Tietê. Por volta das 16h20, a PM ainda não havia divulgado uma prévia do resultado.

Força Tática
De nada adiantou Felipe Gonçalves Ferreira, de 18 anos, tentar correr ao ver a viatura da Força Tática 17.020 formada pelo sargento Sérgio e os pms Dias e Marçon. A equipe teve o apoio do tenente Geison Moura, comandante do 1º Pelotão, e de policiais, da Rocam (Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas). O suspeito foi capturado na Rua Profeta Jonas, na Vila Pomar, e com ele havia 23 buchas de maconha, 31 ‘pedras’ de crack e 42 papelotes de cocaína, além de R$ 172,00 da venda de entorpecentes.